De moto por ai, descobrindo “praias secretas” no litoral de São Paulo

Por eliana   /   Publicado em 05 de dez   /   Na categoria Esporte e Ação, Trips, Viagens   /   Comentários desativados em De moto por ai, descobrindo “praias secretas” no litoral de São Paulo

Texto Eliana Malizia – Fotos Cibele Sayuri e Alexandre Neves

Imagine uma  praia  deserta onde é possível apreciar  o encontro do rio com o mar…sim, ela existe e fica logo ali…

Malas prontas? Conheça Itaguaré, a cerca de 70km da Capital de São Paulo.

 

Itaguaré é considerada um dos últimos redutos expressivos de vegetação da Baixada Santista. A sua área de vegetação é ligada desde a praia até a Serra do mar, com cerca de 3 km², muito bem preservada. Frequentada principalmente por surfistas e amantes de praias desertas, sem quiosques e  nenhum tipo de construção, ela é perfeita!

 

Sentir o vento é tudo de bom! Foto Alexandre Neves @alenevesfoto

Para conhecer este paraíso, parti da Capital de São Paulo, muito bem acompanhada, pilotando a Harley-Davidson Sportster XL 1200 CX Roadster. Segui pela imigrantes até a entrada para o Município de Bertioga ( Rodovia Rio/Santos).

Fugindo da Rota

Confesso que não posso ver uma placa com nome “desconhecido” e,  antes de chegar em Itaguaré , me deparei com uma Placa indicando “Caruara”, e claro que  entrei para conhecer. Depois de acelerar uma média de 1km, estava lá.

Porto de Caruara

Caruara é um bairro de Santos, situado na divisa de Bertioga ( pelo rio Iriri/Macuco) e Guarujá ( canal de Bertioga). O lugar é belíssimo e também muito bem reservado. Fui até o porto, pedi um suco no Quiosque do Porto e o que levaria alguns minutos para matar a curiosidade, se transformou em uma parada de mais de uma hora. Por ali fiquei relaxando, observando os pescadores em ação.

O nome Caruara significa “O vento que traz chuvas e trovoadas”. E fato, conversando com uma moradora, ela contou que muitas vezes a chuva se concentra apenas em Caruara, enquanto os arredores ficam iluminados com céu azul. Diz que depois de uma dessas fortes tempestades, o por do sol é realçado com um céu multicolorido.

Itaguaré

Depois de descansar em Caruara, voltei para a rodovia e segui sentido Riviera de São Lourenço. Logo depois da entrada principal de Riviera, avistei a placa de entrada para praia de Itaguaré (placa pequena e  fica um pouco escondida). Para chegar até a praia, pilotei a Roadster em trechos de areia. Mas se você não quiser colocar a tua moto na areia, é  possível estacionar a moto na rua asfaltada e caminhar poucos metros.

Lugares pitorescos e coloridos na Rodovia

Feliz! A praia toda só pra mim!!! Foto Cibele Sayuri

A praia de Itaguaré está localizada no município de Bertioga, é um dos redutos selvagens da região, pouco falado e conhecido a praia é um paraíso. Fico imensamente contente quando encontro uma praia sem quiosques, casas e hotéis. Lá você tem que levar sua bebida e seu petisco. Os poucos frequentadores são educados, não avistei nenhum  lixo largado pela praia.

A praia não tem luxo de atendimento e mordomias, mas é rica em beleza. Segui caminhado pela praia que é bastante  deserta, tinham poucos turistas, alguns pescadores e surfistas, fiquei horas por ali curtindo a paisagem, o sol, a sombra e agua fresca.

Foto Alexandre Neves @alenevesfoto

Rio Itaguaré

Voltei para Rodovia novamente e procurei a Cabana das Ostras, este restaurante é referência para outra entrada até o outro lado de Itaguaré, e não, você não pode deixar de ir, esta é a parte mais bonita da praia. Para chegar, é preciso acelerar em mais um pequeno trecho off-road; terra e bastante buraco. Pra  mim, aventureira nata, terra não é problema, mesmo pilotando uma moto Custom.  Neste trecho da praia avistei o encontro do  Rio Itaguaré e pude nadar na água doce e também na água salgada, nem parecia estar em uma praia do litoral de São Paulo, a sensação era de estar em uma das lindas praias do Nordeste.

 

Rio Itaguaré, e no fundo, o mar – Foto Cibele Sayuri

Encarei a terra e estacionei a moto  frente a praia

Optei em me hospedar na praia mais próxima de Itaguaré, chamada Maitinga. Para praticar esporte, escolhi Riviera de São Lourenço, onde fiz aulas de surf. Riviera também é perfeito para conhecer bons restaurantes.

Paradinha para postar fotos da viagem no Instagram – Foto Cibele Sayuri

A Roadster encarou areia super de boa!! Foto Cibele Sayuri

Passei dois dias na região,  o suficiente para curtir a praia deserta, um nado no rio, comer ostras frescas, surfar. Na volta, na estrada, fui presenteada com um lindo por-do-sol. Fico sempre emocionada em minhas viagens de moto, não importa se a trip é logo ali, importa os momentos sentindo o vento, descobrindo novas paisagens, acelerando, curtindo a moto, a natureza.

Viajar é vida! Então, o que esta esperando?

Até a próxima Acelerada!!!

Parafina antes da aula de Surf

Fim de viagem, sucesso!

Onde comer:

Cabana das Ostras

 Logo na saída de Itaguaré, na rodovia Rio/Santos, existem vários quiosques instalados que servem porções de ostras frescas e frutos do mar. Eu apaixonada por ostras, não perdi a chance.

 

 

Restaurante Maremonti – Foto Cibele Sayuri

Restaurante Maremonti

Super aconchegante, com gastronomia gourmet. Servem pizzas e pratos da cozinha italiana. Achei  preço um  pouco salgado, mas a vista para o mar, atendimento e qualidade dos pratos, vale cada centavo.

Largo dos Coqueiro, 83

Riviera de São Lourenço

Onde ficar:

Cia do Mar Praia Hotel

Av. Tomé de Souza, 2267 (Frente ao mar )

Maitinga, Bertioga

http://www.ciadomar.com.br

Galeria de foto e vídeo