Dicas de como conquistar uma mulher motociclista

Por 3dgarage   /   Publicado em 20 de out   /   Na categoria Moto & Saúde   /   Comentários desativados em Dicas de como conquistar uma mulher motociclista

Dicas de como conquistar uma mulher motociclista

Texto Eliana Malizia

Ah, que homem nunca admirou uma bela mulher em cima de uma moto? Aquele momento (clichê) da tirada do capacete, os cabelos balançando para um lado e para o outro.

Mulher Motociclista real: Alê Félix

Não é tão comum de se ver, mas vem crescendo cada vez mais o número de mulheres que pilotam grandes motos. Com isso, a chance de você encontrar uma delas passando bem à sua frente está ficando mais… possível!

Está na hora de ficar bem preparado para, logo mais, você fisgar uma gata motociclista. O que acontece quando um homem se interessa por elas, muitas vezes, é eles se inibirem, sentirem receio de arriscar uma conquista. Mulheres motociclistas passam uma imagem de poder, força e independência. E, na verdade, é mais ou menos isso mesmo. Mulheres motociclistas possuem personalidade forte, e são elegantes e exigentes. Então, nem pense mesmo em chegar para conversar e, ao abrir a boca, falar qualquer abobrinha. Provavelmente ela irá engatar a primeira e acelerar no sentido contrário. Só o que vai sobrar para você é o vento e o perfume marcante dela…

Uma mulher motociclista viaja mundo afora, é livre por natureza, tem muitos amigos e está sempre fazendo novas amizades. Ela é cobiçada e admirada, até mesmo por outras mulheres – sério! Então, meu chapa, se conquistar uma destas, é porque você é um cara bom mesmo! Pois se uma mulher, com tanta vida e tantas oportunidades escolher estar com você, é porque você realmente a conquistou! Comemore, suba na garupa e aproveite o máximo: a sua vida terá mais alegria, mais aventura e, com certeza, muito menos estresse!

Para te ajudar, rabisquei algumas dicas essenciais para que você conquiste uma mulher motociclista. Leia tudo com atenção e não frite pneu na largada. Boa sorte!

A super gata Laureen Ruiz do grupo de mulheres motociclistas “Triumph Classic Lady Ride”

Cantada da garupa
A cantada mais clichê é “posso dar uma volta na sua garupa, gata?” Arghhhh! Escutamos tanto essa cantada que, cá pra nós, não tem mais criatividade alguma! Tudo o que uma mulher motociclista não quer é ouvir é uma cantada barata dessas. Então, desde já, delete essa hipótese, mesmo que seja na brincadeira. Esqueça!

Supermulheres?
É bastante comum homens tratarem mulheres motociclistas como se elas fossem um homem também, apenas pelo simples motivo delas pilotarem motos. Afinal, essa é, sim, uma atividade mais comum no “Clube do Bolinha”. Não se engane: mulher motociclista gosta de ser tratada como mulher. Elas, frequentemente, são vaidosas e delicadas! Usam perfumes, maquiagens e gostam de carinho, muito carinho. Elas são supermulheres, e não super homens, não se esqueça!

Conheça os gostos dela
Nada melhor que conhecer bem sobre a mulher, antes de arriscar um convite para sair. Mulher motociclista, normalmente, gosta de rock’n roll, blues e jazz. Gosta de ir em shows, gosta de restaurantes alternativos, A-M-A viajar e, claro, adora falar sobre motos! Não é necessário que você saiba pilotar uma, mas entender ao menos um pouco sobre já será um ponto super positivo. Antes de encontrá-la, dê uma estudada sobre o modelo da marca da moto que ela possui. Isso te dará um ótimo assunto para iniciar uma boa conversa e, depois, arriscar um convite. Cative ela antes, pegue no ponto fraco dela demonstrando interesse pelas coisas que ela gosta. Mas não exagere no assunto motos, senão ela vai pensar que você esta mais interessado em dar uma acelerada na moto dela.

Não seja babão
Mulher que é cobiçada geralmente não tem paciência para excesso de elogios. Então, não fiquei babando por ela como todos os outros, ou isso irá deixa-la desinteressada! Converse com ela normalmente. Lógico: elogios educados e sinceros são benvindos. Mas pegue leve, não fique babando muito e nem mostre interesse demais no início! Mulher motociclista não gosta de nada fácil, muito menos homem fácil! Pensa: ela domina máquinas pesadas e gosta de caminhos desafiadores!

Nem pense em falar “é perigoso”
Show! Você conseguiu um “sim”, ela topou sair para jantar com você. Agora, o papo vai render. Então cuidado: não coloque tudo a perder. Jamais venha com aquela conversinha careta dizendo que “andar de moto é perigoso”. É extremamente chato ouvir isso. Toda mulher motociclista já sabe dos riscos de pilotar uma motocicleta, e você não precisa alertá-la! Também nem pense na possibilidade de tocar em assuntos sobre acidentes! “Ah, tenho um amigo que sofreu um acidente feio e blá-blá-blá…”. Apenas, NÃO! Comece falando de coisas boas, viagens, estradas, paisagens! Pergunte sobre os lugares que ela já foi de moto. Depois de um tempo – e já com intimidade ganha, claro –, você pode falar com jeito sobre a preocupação que tem com ela e dar alertas para que tome cuidado. Mulher motociclista gosta, sim, de se sentir protegida e cuidada, como qualquer outra mulher! Mas lembre-se: apenas depois de ter bastante intimidade com a gata! E, poxa, não esqueça de falar sobre você também! Elas adoram ouvir histórias, saber sobre outros assuntos, conhecer outros universos. Mas guarde a soberba: procure ser interessante, nunca prepotente ou egocêntrico demais. Isso cansa!

Presentes que elas gostam
Ok. Digamos que você já conseguiu sair com ela algumas vezes e, agora, chegou o momento de comprar um presente para agradá-la. O que seria? Um lindo par de luvas de couro, um livro de fotografia de motocicletas, o DVD do show da banda favorita, um elegante capacete estilo retrô, uma superbota ou até mesmo uma simples bandana, acredite, serão presentes certeiros. Ela ficará beeeem feliz!

Simples assim
Embora ela seja cheia de estilo e elegância, até um lugar simples – ou curioso, ou pitoresco – pode encantá-la como nunca. Sabe aquele restaurante no meio de uma montanha de Gonçalves, no interior de Minas Gerais, que vende uma Casquinha de Truta incrível, e ainda é aconchegante e com uma bela vista pela janela? Então, muitas vezes a paisagem pode ser mais importante que o lugar. Motociclistas, de modo geral, são apaixonadas por motos, vento no rosto e, mais: ficam maravilhadas pelos destinos que as motos delas as levam. Quase sempre, pegar a estrada para descobrir um boteco descolado, com paisagem bucólica, no meio do nada, onde servem uma comidinha simples e deliciosa, é mil vezes melhor que ir naquele restaurante chique e caro, onde o garçom é treinado para agradar o tempo todo.

Massagem
Vocês já estão namorando e, às vezes, ela quer passear de moto e você não pode acompanhá-la. Ela vai, mas quando chega está um pouco cansada, afinal foram mais de 400 km rodados em regime de bate e volta. Que tal massagear os pés da fera radical? Isso me lembrou aquela novela onde a atriz Malu Mader era motociclista, rs. Pois então: trate a sua gata como se fosse uma Superstar. Ah, que sonho ter um namorado desses… Mas lembre-se: quando ela for passear sozinha, jamais fique parado! Aproveite para fazer as coisas que você gosta, praticar algum esporte, encontrar os seus amigos. Principalmente relaxe e não, nunca, nem a pau pense em ficar ligando para ela, acelerando para que volte logo. Moto e pressa não combinam!

Ciúmes?
É a maior furada – Qualquer mulher em cima de uma moto chama a atenção. Então, já vá se acostumando com os olhares para cima dela, mas sem se preocupar muito: elas já estão acostumadas e isso não as deixam deslumbradas. Aliás, pelo contrário; no fundo, a maioria nem gosta dessa cobiça toda e, como já alertei, mulher nenhuma gosta de homens fáceis e babões! Esqueça o ciúme! Uma mulher, quando está em cima da sua moto, não precisa e nem quer mais nada: ela já está completa. Deixe ela voltar aos seus braços, leve e mais feliz, cheia de saudades por você! Afinal, quer coisa pior que uma mulher que não tem um hobby para acalmar a TPM?

Casal Motociclista
Olha que máximo! Você se encantou tanto com o lifestyle da gata, que resolveu tirar a sua CNH para pilotar motos e comprar uma. Agora, vocês viajam juntos. Que beleza! Seja humilde e peça dicas de pilotagem pra ela, mas jamais queira competir na estrada. O ideal é vocês se revezarem na liderança, não tentarem andar muito colados: é perigoso. Também não queira dar uma de Valentino Rossi e acelerar na frente dela nas curvas. Ninguém precisa mostrar quem é melhor na pilotagem. Entenda que vocês são melhores juntos, como parceiros, descobrindo novos caminhos, novos destinos, novos ares. Aproveite estas dicas e tenha boas – e românticas – viagens!