Connect with us

Trips

E lá fomos nós – de Harley-Davidson Sport Glide 107 e Fat Boy 114

Publicado

em

Por Eliana Malizia
Mais uma viagem que foi divertidíssima. Desta vez quem me fez companhia foi a Stephanie Rosa. Ela veio  de Balneário Camboriú, Santa Catarina, especialmente para este rolê. 
Fiquei preocupada com sua chegada, pois bem na data combinada, o tempo virou e começou cair uma chuva forte em São Paulo.  A ideia era sair cedo, curtir mais tempo na estrada, mas a chuva parou depois das 12h.  Mesmo assim não adiamos nossa aventura, e partimos para nosso passeio, mesmo sabendo que o tempo poderia virar de novo. 
Tive que improvisar um roteiro mais próximo de Sampa, e acabei levando a Sté para fazer um rolê que para muitos  pode parecer clichê , mas para minha convidada que não conhecia São Paulo, foi um roteiro inusitado e recheado de curvas. Falo sobre a famosa estrada dos Romeiros.

Eu de Sport Glide 107 – 2019 e Ste com uma Fat Boy motor 114

Minha convidada chegou bastante entusiasmada , mas um pouco tensa por dois motivos; primeiro o medo de pilotar em São Paulo e segundo, não tinha ainda pilotado uma moto tão forte. Mas foi fácil acalmar  a “ bichinha” ,  e lá fomos nós!

A Sté tirou de letra o primeiro desafio, falo sobre enfrentar os corredores da Marginal Pinheiros.  A saída da capital é sempre chatinha, não existe dia que não tem congestionamento, por aqui todo dia é dia de encarar um corredor entre carros.

Sté, pilotando a Harley-Davidson Fat Boy 114, um pouco antes de entrar na Marginal Pinheiros.
Logo que entramos na Rodovia Presidente Castelo Branco, fizemos uma parada para almoçar na Aldeia da Serra, e claro, para fazermos muitas  “foténhas”!

Sté estava felizona, e foi fácil fazer lindos cliques dela!

Pra quem não conhece Aldeia da Serra
Localizada entre os municípios de Barueri e Santana do Parnaíba, a Aldeia da Serra até lembra uma pequena cidade interiorana, com coreto, igrejinha, lagos e ruas bastante arborizadas.
Não é preciso ser morador para passar pela cancela do condomínio  e conhecer o  lago Orion, assim que chegamos lá, o tempo nublado foi embora e o céu azul se abriu pra nós.
Paramos pra almoçar no D´aldeia Restaurante,   com opções de pratos  à la Carte na pegada mais Gourmet. Fica a dica pra quem gosta de pratos deliciosos e bem servidos.


Mas vale também outra sugestão,  pra quem gosta de bacalhau, tem outra opção de restaurante que é maravilhoso, o Quinta do Sino, você também vai curtir.
Partiu Romeiros

As curvas começaram a surgir, ou seja, a parte mais divertida.

Logo que a gente passa Pirapora de Bom Jesus, a estrada dos Romeiros segue colada do rio, é um trajeto com muita história.  Este caminho foi   construído há quase 1.000 anos por índios Guaranis e também por  Incas.  Por volta do  ano 1.100 D.C., os Incas haviam estendido seus caminhos até a altura de Assunção, no Paraguai, e lá firmaram laços comerciais e de amizade com os índios Guaranis, que lhe ofereceram um caminho que dava ao mar. Descrentes, o Incas disseram que o mar era no sentido contrário do ponto onde eles haviam partido, porém devido a grande insistência dos Guaranis, partiram para conferir, e assim acabaram saindo da mata na altura de Santos, litoral de São Paulo.
Com a chegada dos portugueses e dos espanhóis em meados de 1.500, o caminho foi descoberto e atribuído inicialmente aos índios, mas quando conseguiram entender que o caminho era do “povo das montanhas”, dezenas de expedições partiram em busca do lendário Rio da Prata, e culminou com o fim do Império Inca, 50 anos depois.
É muito louco pensar que, ali, onde eu e a Sté percorremos de Harley, índios caminharam descalços. Muito bacana fazer um rolê desses, cheio de curvas e natureza, sabendo um pouco da história do local. A viagem fica ainda mais especial, e penso que as pessoas poderiam buscar mais essas curiosidades em toda Trip né?
Sobre a volta…
Voltamos à noite …. e claro, não pude deixar de apresentar para minha convidada, um pouquinho do centro da cidade de São Paulo.  Levei Sté pra conhecer  o bairro da liberdade para finalizar nosso dia com um brinde.
E o brinde foi na pegada saudável, e sem bebidas alcoólicas, claro!
O brinde para comemorar nosso dia de sucesso na estrada, foi com Bubblekill, uma bebida que vai chá, café, leite e Yakult, de origem taiwanesa. Dentro do “drink” tem bolhas revestidas por uma capa gelatinosa, feita à base de algas marinhas e néctar concentrado de frutas.
Originalmente, as bubble tea’s foram desenvolvidas no final da década de 1980, ganhando força na Ásia em meados dos anos 2000, quando empresas europeias fizeram uma evolução das bolhas de tapioca negra, criadas em Taiwan.
E a Stephanie? Será que gostou da experiência? Se liga na postagem dela no Instagram.
Quer ver mais detalhes desta Trip? Me siga no instagram
@eliana.malizia

Pesquisar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar nos títulos
Pesquisar nos conteúdos
Pesquisar nos posts
Pesquisar nas páginas

PARCEIROS

Newsletter

Cadastre-se para receber nossas novidades!

Facebook

Instagram

  • O que VOCÊS ESTÃO FAZENDO NA QUARENTENA? Conte aí!!! Pra quem esta em casa e com tempo sobrando.. SUGIRO - Fazer uma limpeza no armário, separar roupas que não usa mais para doação - Estudar algum idioma através de Apps - Ler alguns livros que estão na sua listinha e você nunca coloca em prática - Assistir documentários e  filmes na Netflix ( dei dicas no último post). - Aproveitar pra fazer  um dia de beleza, hidratar cabelos, esfoliar a pele, passar gororobas no rosto ( mel eu adoro). - Aprender a cozinhar ( 🤪) - Fazer alongamento e exercícios para fortalecer músculos - Comprar apenas coisas saudáveis e aproveitar o confinamento e comer apenas comidinhas saudáveis! O que mais? E você? Que está FAZENDO??? #quarentena #coronavirus #covıd19 #oquefazernaquarentena
  • Em casa? Com tempo pra dar e vender? Se liga! Quero sua dica de Filme também!! Apaixonados por motos podem encontrar alguns filmes, documentários e séries com temas relacionados a motos. Se você é apaixonado por motos como eu, fica ai a dica para quem assina NetFlix.
Tire o capacete, prepare a pipoca e bom filme! #filmesparamotociclistas #dicasfilme #dicasnetflix #filmesnetflix #netflix #quarentena #oquefazernaquarentena #covid_19 #coronavirus #lifestyle #motoclistas #motociclista #dicas #acelerada
  • Em tempos de Pandemia, não podemos esquecer “também”, dos #MotoEntregadores !!! Deixe vofe também seu bilhetinho de agradecimento para um moto entregador! Eles merecem! Meu bilhetinho de hoje foi.... Olá 
Moto entregador , como vai?
Obrigada por trazer o remédio até a minha casa!
Obrigada por trabalhar dia e noite para nos atender mesmo em tempos de guerra contra coronavírus!
Lhe deixo um simples presente, um par de luvas, para sua segurança, afinal, nós também nos preocupamos com você! 
Tenha um
Bom dia! 
Um abraço de “longe”, Eliana Malizia #motoentregador #motofretista #motoboy #ObgMotoEntregador #corona #coronavirusbrazil #coronavírusbrasil #coronovirusbrazil #pandemia  #covid_19 #covid19
  • Vamos aproveitar a quarentena e estudar algumas técnicas OFF ROAD para curtir seu próximo role de moto com mais segurança e confiança?  Hoje vamos falar sobre a POSTURA CORRETA! 
Então vamos lá, e quem tiver mais dicas, escreva pra nós! - Os braços devem estar sempre semi-arqueados para controlar melhor a moto e absorver melhor o impacto. - Tronco posicionado à frente.
- Ponta dos pés na pedaleira e joelhos pressionando levemente o tanque, para aliviar a força dos braços. - Olhar sempre para frente. - Quando pilotar em pé, mantenha os joelhos semi-flexionados para melhor absorção do impacto. E nesta postura, o ideal é projetar o tronco ainda mais para frente.
Ah e no vídeo, sou eu, numa Trip, de Yamaha Crosser aprendendo muito com os FERAS  @jorge.negretti @wellingtongarcia21 e @ricardomartins274
  • Quantas vezes me perguntaram “Eliana, QUAL FOI SEU MAIOR DESAFIO EM CIMA DE UMA MOTO”? Sem duvida alguma , meu maior desafio nestes meus 20 anos de experiência,  foi a trilha para chegar no Cânion Espraiado em Urubici. 
Uma trilha de apenas 12km. Difícil , nível Hard!! A trilha me parecia mais um enduro e tão exaustiva que parecia não ter fim, parei , cai, levantei, chorei, pensei em desistir, levantei de novo. Neste meio tempo, aparece @jorge.negretti e @ricardomartins274 do meu lado falando bem alto, “ cara, tá muito escorregadio e com muita pedra pontuda , tá muito difícil de subir”. Bom, se os TOPS PROFISSAS estavam achando difícil , imagina eu? Logo em seguida um colega nosso desistiu da trilha ... poutz! Fiquei mais tensa! Eu, única  mulher ali, e pra mim não fazia diferença alguma , não teria problema algum em desistir , mostrar que fiquei exausta e ir para o carro de apoio. Não tenho este orgulho, mas....tentar até o final é da minha personalidade, não gosto de deixar nada pela metade. Porém, eu tinha um grande SEGREDO ali, guardado só comigo, e não podia contar e nem desabafar com ninguém. Eu estava grávida de uns 40 dias, e não havia contado pra ninguém do grupo. Eu fiquei sabendo um dia antes da viagem, e não podia deixar a yamaha na mão. Parti para a viagem animada, mas confesso que um pouco insegura, eu carregava meu bebezinho. 
Pra quem não sabe, as primeiras semanas de gestação a gente se sente mais cansada e com muito sono. Na verdade eu não me sentia grávida e muito menos mãe , mas eu sabia ali que eu estava sim grávida! 
Eu não sei da onde tirei tanta força pra aguentar a trilha toda! Havia chovido, tinha muita lama, e sei que muitos motociclistas que tentaram seguir/subir até o Cânion, caíram, desistiram, quebraram a moto... poucos conseguem subir! Mas fui até o fim...com o incentivo dos meninos, com a minha força de vontade , e claro, a  Xtz Crosser facilitou a vida, mesmo com pneus não apropriados para uma trilha HARD, a moto é leve ...e isso ajudou muito! Ah, e no próximo post contarei mais sobre o Cânion Espraiado. Que este post sirva como motivação para todos aqueles que não acreditam em si mesmo! 💪
  • Atravessar um RIO , cheio de pedras “extremamente” 
escorregadias, e de moto? Oi? Pensei que fosse pegadinha, mas quando soube que não era, confesso que ADOREI o desafio e clarooooo fiquei super empolgada!!! Sem duvidas uma das melhores  partes da viagem! A 40 km de Cambará do Sul, no Rio Grande do Sul, o Parque Estadual do Tainhas abriga o curioso ‘Passo do S’. Um lajeado natural do rio Tainhas, onde o nível da água é mais baixo e por isso é possível atravessar de carro ou moto. E lá fui eu, de Yamaha Crosser!!!!
A experiência é conhecida como ‘Travessia do Passo do S’ , ah e não posso esquecer de contar - em poucos metros , o Rio vira uma queda de 20 metros de altura, é mole? Não! Mas foi lindo lindo lindo! Amanhã conto sobre a parte da viagem que senti muito medo, tremi, chorei e pensei em desistir... 😉🤪#passodoS #cambaradosul
  • Quem aí já fez uma grande aventura com uma moto de baixa cilindrada? Está semana publicarei dicas para quem quer viajar com suas “motinhos”! Está minha Trip foi Punk é Maravilhosa - varias serras sinuosas, atravessamos rio ( Fotos e vídeos na próxima postagem), fizemos uma trilha HARD no Cânion Espraiado ...total de mais de 2000 km, tudo isso aí com segurança e sucesso, pilotando uma YAMAHA CROSSER 150cc! Quem encara? Foto @idario.cafe #tourdacrosser2019 #TourDaCrosser #TourInterativoCrosser #xtzcrosser #crosser150 #yamahacrosser #onroad #ofroad #foradeestrada #AceleradaParaSerFeliz #Acelerada #Lifestyle #MotoTerapia #mulheresmotociclistas #testride #serradocorvobranco #aceleradas #mulheresaceleradas
  • Vamos viajar sentados no sofá de casa? ASSISTAM a WEBSERIE Tour Interativo CROSSER no canal da @yamahabrasil no YOUTUBE! Foi uma das minhas MAIORES AVENTURAS!  #tourdacrosser2019 #TourDaCrosser #TourInterativoCrosser #xtzcrosser #crosser150 #yamahacrosser #onroad #ofroad #foradeestrada #AceleradaParaSerFeliz #Acelerada #Lifestyle #MotoTerapia #mulheresmotociclistas #testride #serradocorvobranco #aceleradas #mulheresaceleradas
  • Uma vez um “indivíduo” comentou em uma das minhas postagens, o seguinte ... “ você mostra que pilota moto grande, mas se derrubar a moto vai precisar pedir ajuda para um homem né? ”. Eu até agora não entendi o pq do questionamento e mais, qual seria o problema de ter que pedir ajuda para um homem? Aliás, quantos homens aí já precisou de uma força depois de derrubar a moto? Isso só me faz lembrar que já precisei de ajuda sim pra levantar uma moto e foi uma mulher  que me ajudou a levantar ! Só pra constar e lembrar!!! #RespeitaAsMinas #Aceleradas

Siga-me!

Mais Acessados

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com