Connect with us

Última notícia

Pesquisa da Webmotors revela que maioria pretende usar carro após a quarentena

Publicado

em

Entrevistados informaram que preferem o veículo nesse momento pela agilidade no deslocamento e pelo gosto em dirigir. A pesquisa foi feita sem a alternativa MOTOCICLETAS.

São Paulo, 12 de agosto de 2020 – Levantamento do Webmotors Autoinsights, hub de notícias, dados e informações sobre o mercado automotivo, apresenta uma pesquisa respondida por 1.363 pessoas sobre mobilidade antes, durante e após a quarentena. A maioria dos respondentes (68%) informou que, após a quarentena, utilizará apenas o carro para o deslocamento, apontando como principais motivos: menor risco de contaminação (39%); e a sensação de segurança pela utilização do carro (35%). Alguns entrevistados informaram que preferem o carro nesse momento pela rapidez no deslocamento, além do prazer em dirigir.

O O carro foi o meio mais citado como forma de mobilidade antes e durante a quarentena (+70%). Já o transporte público e carros por aplicativo apresentaram uma leve queda na intenção de uso, e especificamente o transporte público é o meio mais rejeitado para utilização após o término da quarentena. Para uma parcela de 16% dos respondentes que utilizava o transporte público e carro por aplicativo antes da quarentena, esse volume passou para 11% no momento atual, e a previsão de usarem esses meios após a quarentena é de apenas 8%. Já 46% dos entrevistados alegam que não utilizarão o transporte público após o fim da quarentena.
Estudo sobre o trânsito após a quarentena
O Webmotors Autoinsights fez também uma pesquisa com 1.383 participantes sobre o trânsito após a quarentena. Quando questionados sobre o que irá ocorrer com o trânsito nas grandes cidades após a quarentena, 48% apontou que acredita que o trânsito será o mesmo, 41% que o trânsito irá piorar e 11% que o trânsito deve melhorar.

Para os que acreditam na piora, os principais motivos informados foram: o medo de aglomerações em transporte público; o aumento de motoristas por aplicativo devido ao desemprego; a falta de planejamento urbano; a ansiedade da população em sair de casa; e que a volta ao trabalho e estudos será normalizado. Já os que optaram pela melhora no trânsito, as razões informadas foram: maior conscientização da população; crise financeira, pessoas não terão mais carros; mais empresas fazendo home office; as pessoas vão evitar sair de casa sem necessidade; as pessoas não terão dinheiro para abastecer seus carros; e novos hábitos dos brasileiros.

Continue Lendo

Pesquisar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar nos títulos
Pesquisar nos conteúdos
Pesquisar nos posts
Pesquisar nas páginas

PARCEIROS

Newsletter

Cadastre-se para receber nossas novidades!

Facebook

Instagram

Instagram did not return a 200.

Siga-me!

Mais Acessados

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com