Connect with us

Viagens

De moto por ai, descobrindo “praias secretas” no litoral de São Paulo

Publicado

em

Texto Eliana Malizia – Fotos Cibele Sayuri e Alexandre Neves

Imagine uma  praia  deserta onde é possível apreciar  o encontro do rio com o mar…sim, ela existe e fica logo ali…

Malas prontas? Conheça Itaguaré, a cerca de 70km da Capital de São Paulo.

Itaguaré é considerada um dos últimos redutos expressivos de vegetação da Baixada Santista. A sua área de vegetação é ligada desde a praia até a Serra do mar, com cerca de 3 km², muito bem preservada. Frequentada principalmente por surfistas e amantes de praias desertas, sem quiosques e  nenhum tipo de construção, ela é perfeita!

Sentir o vento é tudo de bom! Foto Alexandre Neves @alenevesfoto

Para conhecer este paraíso, parti da Capital de São Paulo, muito bem acompanhada, pilotando a Harley-Davidson Sportster XL 1200 CX Roadster. Segui pela imigrantes até a entrada para o Município de Bertioga ( Rodovia Rio/Santos).

Fugindo da Rota

Confesso que não posso ver uma placa com nome “desconhecido” e,  antes de chegar em Itaguaré , me deparei com uma Placa indicando “Caruara”, e claro que  entrei para conhecer. Depois de acelerar uma média de 1km, estava lá.

Porto de Caruara

Caruara é um bairro de Santos, situado na divisa de Bertioga ( pelo rio Iriri/Macuco) e Guarujá ( canal de Bertioga). O lugar é belíssimo e também muito bem reservado. Fui até o porto, pedi um suco no Quiosque do Porto e o que levaria alguns minutos para matar a curiosidade, se transformou em uma parada de mais de uma hora. Por ali fiquei relaxando, observando os pescadores em ação.

O nome Caruara significa “O vento que traz chuvas e trovoadas”. E fato, conversando com uma moradora, ela contou que muitas vezes a chuva se concentra apenas em Caruara, enquanto os arredores ficam iluminados com céu azul. Diz que depois de uma dessas fortes tempestades, o por do sol é realçado com um céu multicolorido.

Itaguaré

Depois de descansar em Caruara, voltei para a rodovia e segui sentido Riviera de São Lourenço. Logo depois da entrada principal de Riviera, avistei a placa de entrada para praia de Itaguaré (placa pequena e  fica um pouco escondida). Para chegar até a praia, pilotei a Roadster em trechos de areia. Mas se você não quiser colocar a tua moto na areia, é  possível estacionar a moto na rua asfaltada e caminhar poucos metros.

Lugares pitorescos e coloridos na Rodovia

Feliz! A praia toda só pra mim!!! Foto Cibele Sayuri

A praia de Itaguaré está localizada no município de Bertioga, é um dos redutos selvagens da região, pouco falado e conhecido a praia é um paraíso. Fico imensamente contente quando encontro uma praia sem quiosques, casas e hotéis. Lá você tem que levar sua bebida e seu petisco. Os poucos frequentadores são educados, não avistei nenhum  lixo largado pela praia.

A praia não tem luxo de atendimento e mordomias, mas é rica em beleza. Segui caminhado pela praia que é bastante  deserta, tinham poucos turistas, alguns pescadores e surfistas, fiquei horas por ali curtindo a paisagem, o sol, a sombra e agua fresca.

Foto Alexandre Neves @alenevesfoto

Rio Itaguaré

Voltei para Rodovia novamente e procurei a Cabana das Ostras, este restaurante é referência para outra entrada até o outro lado de Itaguaré, e não, você não pode deixar de ir, esta é a parte mais bonita da praia. Para chegar, é preciso acelerar em mais um pequeno trecho off-road; terra e bastante buraco. Pra  mim, aventureira nata, terra não é problema, mesmo pilotando uma moto Custom.  Neste trecho da praia avistei o encontro do  Rio Itaguaré e pude nadar na água doce e também na água salgada, nem parecia estar em uma praia do litoral de São Paulo, a sensação era de estar em uma das lindas praias do Nordeste.

Rio Itaguaré, e no fundo, o mar – Foto Cibele Sayuri

Encarei a terra e estacionei a moto frente a praia

Optei em me hospedar na praia mais próxima de Itaguaré, chamada Maitinga. Para praticar esporte, escolhi Riviera de São Lourenço, onde fiz aulas de surf. Riviera também é perfeito para conhecer bons restaurantes.

Paradinha para postar fotos da viagem no Instagram – Foto Cibele Sayuri

A Roadster encarou areia super de boa!! Foto Cibele Sayuri

Passei dois dias na região,  o suficiente para curtir a praia deserta, um nado no rio, comer ostras frescas, surfar. Na volta, na estrada, fui presenteada com um lindo por-do-sol. Fico sempre emocionada em minhas viagens de moto, não importa se a trip é logo ali, importa os momentos sentindo o vento, descobrindo novas paisagens, acelerando, curtindo a moto, a natureza.

Viajar é vida! Então, o que esta esperando?

Até a próxima Acelerada!!!

Parafina antes da aula de Surf

Fim de viagem, sucesso!

 

Onde comer:

Cabana das Ostras
Logo na saída de Itaguaré, na rodovia Rio/Santos, existem vários quiosques instalados que servem porções de ostras frescas e frutos do mar. Eu apaixonada por ostras, não perdi a chance.

Restaurante Maremonti
Super aconchegante, com gastronomia gourmet. Servem pizzas e pratos da cozinha italiana. Achei  preço um  pouco salgado, mas a vista para o mar, atendimento e qualidade dos pratos, vale cada centavo.
Largo dos Coqueiro, 83

Riviera de São Lourenço

Onde ficar:

Cia do Mar Praia Hotel
Av. Tomé de Souza, 2267 (Frente ao mar )
Maitinga, Bertioga
http://www.ciadomar.com.br

 

Galeria de foto e vídeo

  • Sentir o vento é tudo de bom! Foto Alexandre Neves @alenevesfoto

  • Paradinha para postar fotos da viagem no Instagram – Foto Cibele Sayuri

  • A Roadster encarou areia super de boa!! Foto Cibele Sayuri

  • Rio Itaguaré, e no fundo, o mar – Foto Cibele Sayuri

  • Lugares pitorescos e coloridos na Rodovia

  • Encarei a terra e estacionei a moto frente a praia

  • Porto de Caruara

  • Feliz! A praia toda só pra mim!!! Foto Cibele Sayuri

  • Fim de viagem, sucesso!

Pesquisar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar nos títulos
Pesquisar nos conteúdos
Pesquisar nos posts
Pesquisar nas páginas

PARCEIROS

Newsletter

Cadastre-se para receber nossas novidades!

Facebook

Instagram

  • Em tempos de Pandemia, não podemos esquecer “também”, dos #MotoEntregadores !!! Deixe vofe também seu bilhetinho de agradecimento para um moto entregador! Eles merecem! Meu bilhetinho de hoje foi.... Olá 
Moto entregador , como vai?
Obrigada por trazer o remédio até a minha casa!
Obrigada por trabalhar dia e noite para nos atender mesmo em tempos de guerra contra coronavírus!
Lhe deixo um simples presente, um par de luvas, para sua segurança, afinal, nós também nos preocupamos com você! 
Tenha um
Bom dia! 
Um abraço de “longe”, Eliana Malizia #motoentregador #motofretista #motoboy #ObgMotoEntregador #corona #coronavirusbrazil #coronavírusbrasil #coronovirusbrazil #pandemia  #covid_19 #covid19
  • Vamos aproveitar a quarentena e estudar algumas técnicas OFF ROAD para curtir seu próximo role de moto com mais segurança e confiança?  Hoje vamos falar sobre a POSTURA CORRETA! 
Então vamos lá, e quem tiver mais dicas, escreva pra nós! - Os braços devem estar sempre semi-arqueados para controlar melhor a moto e absorver melhor o impacto. - Tronco posicionado à frente.
- Ponta dos pés na pedaleira e joelhos pressionando levemente o tanque, para aliviar a força dos braços. - Olhar sempre para frente. - Quando pilotar em pé, mantenha os joelhos semi-flexionados para melhor absorção do impacto. E nesta postura, o ideal é projetar o tronco ainda mais para frente.
Ah e no vídeo, sou eu, numa Trip, de Yamaha Crosser aprendendo muito com os FERAS  @jorge.negretti @wellingtongarcia21 e @ricardomartins274
  • Quantas vezes me perguntaram “Eliana, QUAL FOI SEU MAIOR DESAFIO EM CIMA DE UMA MOTO”? Sem duvida alguma , meu maior desafio nestes meus 20 anos de experiência,  foi a trilha para chegar no Cânion Espraiado em Urubici. 
Uma trilha de apenas 12km. Difícil , nível Hard!! A trilha me parecia mais um enduro e tão exaustiva que parecia não ter fim, parei , cai, levantei, chorei, pensei em desistir, levantei de novo. Neste meio tempo, aparece @jorge.negretti e @ricardomartins274 do meu lado falando bem alto, “ cara, tá muito escorregadio e com muita pedra pontuda , tá muito difícil de subir”. Bom, se os TOPS PROFISSAS estavam achando difícil , imagina eu? Logo em seguida um colega nosso desistiu da trilha ... poutz! Fiquei mais tensa! Eu, única  mulher ali, e pra mim não fazia diferença alguma , não teria problema algum em desistir , mostrar que fiquei exausta e ir para o carro de apoio. Não tenho este orgulho, mas....tentar até o final é da minha personalidade, não gosto de deixar nada pela metade. Porém, eu tinha um grande SEGREDO ali, guardado só comigo, e não podia contar e nem desabafar com ninguém. Eu estava grávida de uns 40 dias, e não havia contado pra ninguém do grupo. Eu fiquei sabendo um dia antes da viagem, e não podia deixar a yamaha na mão. Parti para a viagem animada, mas confesso que um pouco insegura, eu carregava meu bebezinho. 
Pra quem não sabe, as primeiras semanas de gestação a gente se sente mais cansada e com muito sono. Na verdade eu não me sentia grávida e muito menos mãe , mas eu sabia ali que eu estava sim grávida! 
Eu não sei da onde tirei tanta força pra aguentar a trilha toda! Havia chovido, tinha muita lama, e sei que muitos motociclistas que tentaram seguir/subir até o Cânion, caíram, desistiram, quebraram a moto... poucos conseguem subir! Mas fui até o fim...com o incentivo dos meninos, com a minha força de vontade , e claro, a  Xtz Crosser facilitou a vida, mesmo com pneus não apropriados para uma trilha HARD, a moto é leve ...e isso ajudou muito! Ah, e no próximo post contarei mais sobre o Cânion Espraiado. Que este post sirva como motivação para todos aqueles que não acreditam em si mesmo! 💪
  • Atravessar um RIO , cheio de pedras “extremamente” 
escorregadias, e de moto? Oi? Pensei que fosse pegadinha, mas quando soube que não era, confesso que ADOREI o desafio e clarooooo fiquei super empolgada!!! Sem duvidas uma das melhores  partes da viagem! A 40 km de Cambará do Sul, no Rio Grande do Sul, o Parque Estadual do Tainhas abriga o curioso ‘Passo do S’. Um lajeado natural do rio Tainhas, onde o nível da água é mais baixo e por isso é possível atravessar de carro ou moto. E lá fui eu, de Yamaha Crosser!!!!
A experiência é conhecida como ‘Travessia do Passo do S’ , ah e não posso esquecer de contar - em poucos metros , o Rio vira uma queda de 20 metros de altura, é mole? Não! Mas foi lindo lindo lindo! Amanhã conto sobre a parte da viagem que senti muito medo, tremi, chorei e pensei em desistir... 😉🤪#passodoS #cambaradosul
  • Quem aí já fez uma grande aventura com uma moto de baixa cilindrada? Está semana publicarei dicas para quem quer viajar com suas “motinhos”! Está minha Trip foi Punk é Maravilhosa - varias serras sinuosas, atravessamos rio ( Fotos e vídeos na próxima postagem), fizemos uma trilha HARD no Cânion Espraiado ...total de mais de 2000 km, tudo isso aí com segurança e sucesso, pilotando uma YAMAHA CROSSER 150cc! Quem encara? Foto @idario.cafe #tourdacrosser2019 #TourDaCrosser #TourInterativoCrosser #xtzcrosser #crosser150 #yamahacrosser #onroad #ofroad #foradeestrada #AceleradaParaSerFeliz #Acelerada #Lifestyle #MotoTerapia #mulheresmotociclistas #testride #serradocorvobranco #aceleradas #mulheresaceleradas
  • Vamos viajar sentados no sofá de casa? ASSISTAM a WEBSERIE Tour Interativo CROSSER no canal da @yamahabrasil no YOUTUBE! Foi uma das minhas MAIORES AVENTURAS!  #tourdacrosser2019 #TourDaCrosser #TourInterativoCrosser #xtzcrosser #crosser150 #yamahacrosser #onroad #ofroad #foradeestrada #AceleradaParaSerFeliz #Acelerada #Lifestyle #MotoTerapia #mulheresmotociclistas #testride #serradocorvobranco #aceleradas #mulheresaceleradas
  • Uma vez um “indivíduo” comentou em uma das minhas postagens, o seguinte ... “ você mostra que pilota moto grande, mas se derrubar a moto vai precisar pedir ajuda para um homem né? ”. Eu até agora não entendi o pq do questionamento e mais, qual seria o problema de ter que pedir ajuda para um homem? Aliás, quantos homens aí já precisou de uma força depois de derrubar a moto? Isso só me faz lembrar que já precisei de ajuda sim pra levantar uma moto e foi uma mulher  que me ajudou a levantar ! Só pra constar e lembrar!!! #RespeitaAsMinas #Aceleradas
  • Vídeo/Teaser acelerando a Gold Wing, matéria completa no site www.ACELERADA.com.br
  • A moto é pesada para pilotar? Você não tem medo de cair? Ela não é mais difícil de controlar? Aos medrosos de plantão, já logo aviso… “pilotar a Gold Wing Tour é muito mais fácil do que você imagina”…quer saber tudo? Visite o site www.acelerada.com.br #hondamotos #motoremaza #goldwing #hondagoldwingtour #hondagl1800goldwing #hondagl1800 #hondeiros #hondabrasil #honda #testride #mulheresmotociclistas #mulheresdehonda #testride #acelerada #lifestyle #aventura #adventure #mulheresdeatitudes #empoderadas #onroad #naestrada 
_

Siga-me!

Mais Acessados

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com