Connect with us

Sem categoria

O prazer de viajar sozinho de moto

Descubra o prazer de viajar sozinho de moto, suas vantagens e como a tecnologia pode ajudar. Quem é apaixonado por viajar sozinho de moto facilmente entende sobre esse prazer; já aqueles que ainda não o são, depois de lerem este texto, certamente ficarão curiosos e mais encorajados em descobrir porque esse hábito é tão bom e gostoso. Estou longe de acreditar que motocicletas são apenas um meio prático…

Publicado

em

09/08/2015

O prazer de viajar sozinho de moto

Descubra o prazer de viajar sozinho de moto, suas vantagens e como a tecnologia pode ajudar

Por Eliana Malizia

Quem é apaixonado por viajar sozinho de moto facilmente entende sobre esse prazer; já aqueles que ainda não o são, depois de lerem este texto, certamente ficarão curiosos e mais encorajados em descobrir porque esse hábito é tão bom e gostoso.

Estou longe de acreditar que motocicletas são apenas um meio prático e econômico de locomoção. Graças à toda tecnologia que dispõem, elas são também ferramentas para preservar o meio ambiente –  devido aos seus  motores  flex – fazer e encontrar amigos, promover adrenalina e liberdade, aproximar o homem da natureza, desbravar lugares exuberantes e pitorescos, ajudar a  curar o estresse,  o que proporciona àqueles que optam por ela melhor qualidade de vida. Além de todas essas ferramentas, uma em especial gostaria de destacar agora: o prazer de viajar sozinho.

 

eliana_malizia_mulher_de_moto

Este é o tema principal deste texto, as viagens solo, com seus prazeres e vantagens que só são descobertos depois que se quebram alguns tabus. Muitos acham que uma viagem sem companhia pode ser uma coisa chata, afinal, você não terá alguém para conversar, sem contar o fato de que, ter um parceiro (ou parceira) de estrada, pode significar uma segurança a mais. Então, que tal quebrar esse pensamento careta?

Viajando sozinho e suas vantagens

  •  Uso da tecnologia durante a viagem

A facilidade de encontrar informações sobre o destino escolhido pela internet ajuda muito na hora de planejar um roteiro. Você pode e deve usar e abusar de GPS, celular conectado à internet, redes sociais com dicas de turismo, restaurantes, hotéis e pousadas, além dos aplicativos com localizadores (Life360 e Google latitude), que são ótimos para compartilhar com amigos e/ou familiares aonde você se encontra em cada trecho da viagem, o que é importante para a sua segurança.

Mas além destes, a tecnologia embarcada nas motocicletas facilita a tomada de decisão de ir para a estrada, uma vez que esta deixa as motos mais seguras e confiáveis, deixando o motociclista ainda mais  tranquilo para desbravar o mundo em duas rodas, mesmo que sozinho. Confira algumas!

Controle de Tração – Os sistemas de controle de tração trabalham monitorando constantemente a diferença de velocidade entre as rodas dianteira e traseira. Se acontecer alguma diferença entre elas, a unidade de controle eletrônico (ECU) da motocicleta envia um sinal para o sistema de alimentação e para a ignição, fazendo com que o combustível seja reduzido ou até mesmo cortado, e o ponto atrasado ou adiantado, para que as duas rodas voltem à girar com a mesma velocidade. Tal recurso torna-se relevante em situações de pouca aderência, como em chuva ou terra/barro, quando então, a tendência de derrapagem da roda traseira pode tornar a pilotagem mais sensível e difícil.

ABS – Este sistema de freio evita o travamento das rodas e o consequente derrapamento da moto. Sensores presentes junto aos discos de freio, monitoram as velocidades das rodas em milésimos de segundo. Quando detectam algum travamento, enviam um sinal à ECU “comunicando” a anomalia; então, esta retorna um outro sinal que faz com que as pinças liberem o disco para que este volte a girar. Em seguida, um novo sinal “ordena” à pinça que volte a mordê-lo, e assim, sucessivamente, até que a moto pare em segurança ou então, a ordem de frenagem seja encerrada por parte do condutor. Já existem, inclusive, sistemas de freio anti-blocantes que permitem até mesmo frenagens com a moto inclinada, e que em breve estarão equipando algumas das motos que serão vendidas por aqui.

Suspensão eletrônica – Alguns modelos de motos possuem esse sistema que, acionado por meio de um botão no guidão, oferece regulagens voltadas especialmente para o tipo de piso, a carga sobre a motocicleta e a condição que você vai pilotá-la. Ou seja, não importa se a moto esta apenas com você, ou carregada; se a está pilotando sobre um tapete de asfalto ou sobre buracos ou terra, a suspensão vai se ajustar eletronicamente, conforme essas condições.

Ride-by-Wire – Expressão em inglês para acelerador eletrônico ou sem cabo. Este dispositivo contribui muito para uma pilotagem mais suave. Ele transforma o manete em um potenciômetro, em substituição ao cabo de aço. Quando abrimos o acelerador, imediatamente o sistema passa a medir a aceleração em relação à velocidade, resultando em uma entrega de potência mais linear e progressiva. Muito mais seguro, constante e econômico.

Além disso, também os mega obrigatórios equipamentos de proteção também se beneficiaram dos avanços tecnológicos e hoje apresentam elevados níveis de segurança. Calças e jaquetas oferecem mais conforto, graças a tecidos que proporcionam maior ventilação e transferência do suor para o ambiente externo, enquanto que protetores de coluna, botas e luvas conferem proteção com baixíssimo índice de interferência de movimentos e ampla flexibilidade, moldando-se à nossa anatomia e tornando a tarefa de pilotar mais simples e prazerosa. Sem contar os capacetes, que fabricados com materiais como kevlar, fibra de carbono e fibra de vidro, e com desenhos desenvolvidos em testes de túnel de vento, conferem maior proteção e conforto, graças a sua alta capacidade de dispersão de energia em caso de impacto, amplo campo de visão, ventilação e adaptabilidade ao formato da cabeça.

Claro que, por conta do preço, motos e equipamentos com todos esses aparatos não são acessíveis a todos, entretanto, é importante ressaltar que estas tecnologias existem e ajudam muito. Se você não pode ter acesso a todas, vá investindo aos poucos nelas. Eu super-recomendo você a começar pelo melhor capacete – lembrando que todos os equipamentos são importantes para sua segurança, e que viajar seguro é viajar mais tranquilo.

  • Tornar-se mais independente              

   Não ter alguém do lado para dividir as dúvidas e   os  problemas que podem surgir no meio do caminho, pode torná-lo uma pessoa mais atenta. Você aprenderá – na marra – a tomar decisões rápidas, tornar-se mais capaz, e mais seguro. Esse aprendizado te traz benefícios de grande valor no seu dia a dia, extrapolando o âmbito do mero pilotar e espraiando-se para seus relacionamentos cotidianos; a gente acaba tomando mais cuidado do que se estivesse acompanhado, desenvolvendo  nosso senso de autoproteção.

eliana-malizia

 

  • Arriscar sem medo

Muitas vezes, criamos rotinas e não as mudamos por medo, por não querermos sair de nossa zona de conforto. Assim, viajar de moto fica apenas na nossa imaginação. Pois quebre isso! Saia da rotina, arrisque, mude as regras, rompa com tabus. Isso tudo fica muito mais fácil perceber quando se viaja sozinho. Tudo se torna mais simples; você passa a curtir naturalmente cada quilômetro rodado, cada novidade explorada, nota o quanto a vida é interessante e o quanto ela está em movimento. Durante a viagem, aparecem novas oportunidades o tempo todo – esta é outra vantagem que você leva como aprendizado para sua vida pessoal.

DSC_0389

Mas olha só: quando falo de “arriscar”, é apenas no sentido de tomar coragem e conhecer o mundo. Nunca de acelerar feito um inconsequente e entrar em qualquer estrada. Vale lembrar que cada modelo de moto possui um tipo de pneu, fabricado para cada tipo de piso – e que cada moto possui suas próprias aptidões. Ou seja, não arrisque entrar com a sua moto custom em uma  longa estrada de terra.

  • Vivenciar a liberdade

Você está livre de horários, escolhe a que horas vai acordar no dia seguinte, onde vai almoçar, que lugares vai conhecer. Pode parecer egoísmo, porém, fazer somente as coisas que você gosta, sem ter compromisso com horários pré-estabelecidos – que, normalmente, acontece muito em viagens em grupo – lhe faz sentir a liberdade de ir e vir do jeito que você achar mais conveniente e prazeroso. Este será um momento seu, para relaxar daqueles compromissos que temos diariamente, seja com familiares, amigos ou no trabalho. Claro que é bom dividir, ceder e somar. Mas, às vezes, aproveitar essa liberdade que dificilmente podemos ter é algo muuuuuito valioso.

mulher_motociclista

 

  • Autoconhecimento e amadurecimento

Não existe nada melhor para conhecer e avaliar mais sobre nós mesmos do que viajar sozinho. A gente se surpreende o tempo todo com o que somos capazes de fazer; passamos a conhecer as nossas reações, nossa paciência, nossos medos, que à medida que os quilômetros passam, vão se perdendo no caminho. Os nossos momentos de tranquilidade  fazem com que a gente passe a pensar na gente com mais calma e sensibilidade… Viajar sozinho, muda a vida da gente! Nós amadurecemos, aprendemos a nos virar em qualquer situação e, quando voltamos, estamos mais espertos, ligados, nos respeitando mais e com muitas histórias para contar – e, melhor, lembrar. Os momentos mais intensos que já vivi foram em cima de uma moto, na estrada, sozinha. Um turbilhão de sentimentos se misturam com o vento e com o cheiro de mato. Já chorei, já gritei e já tive momentos de  inspirações, na moto, na estrada, por debaixo do capacete.

 

eliana malizia

  • Fazer novos amigos

A gente fica muito mais receptivo para conversar com estranhos quando estamos sozinhos. E fazer amizade com pessoas locais nos leva à novas descobertas, nos garante dicas preciosas e sentimos mais a cultura da região. Trocar experiências com pessoas que vivem e enxergam a vida de maneira diferente da nossa pode nos trazer grandes aprendizados. Sabe aquele senhor com roupa suja da roça, que sentou em um boteco para comer um enorme “PF”? Converse com ele e você terá muitas chances de se surpreender.

  • No fim, descobrir que não está sozinho

Sabe aquela antiga frase que diz que “o ser humano pode estar rodeado de pessoas e mesmo assim se sentir sozinho”? É, durante uma viagem sozinho, você pensa o contrário. Você se conecta tão fortemente consigo mesmo e com a sua personalidade que jamais se sentirá sozinho. A sua melhor companhia, vai descobrir, é você mesmo.

Quando aprendemos a curtir momentos sozinhos, passamos a nos amar mais. E se você adora bater papo o tempo todo, fique tranquilo: durante viagens, cruzamos a todo momento com nativos e turistas, que estão relaxados, alegres e mais abertos para jogar conversa fora.

eliana malizia

 

Quando viajamos sozinhos, sentimos muito mais saudades do local que visitamos, das pessoas que conhecemos, das gargalhadas, das aventuras e de todas as descobertas. E melhor que isso, nos conhecemos ainda melhor. Eu afirmo que, hoje sou uma mulher melhor, mais madura, segura, independente e que sabe o que quer. Toda viagem que realizei sozinha foi um aprendizado valioso; sozinha aprendi a gostar mais de mim. Sou imensamente feliz de ter descoberto esse prazer cedo, pois já são 18 anos de estrada.

Então, perca já este medo de viajar sozinho, arrume a sua mala e fuja da rotina. Desfrute do “prazer de viajar sozinho de moto”.

 eliana_malizia_mulher_de_moto

 

Mais dicas 

– Anote os telefones dos S.O.S. de todas as estradas e rodovias. Se a sua moto quebrar, o socorro local irá te ajudar.

– Seu pneu furou? Existem produtos que reparam os furos e enchem os pneus imediatamente, sem necessidade de removê-los ou de ferramentas. Qualquer um faz isso sozinho e, em poucos minutos, você estará pronto para continuar a sua viagem. Não viajo sem ele! Mas atenção: eles só funcionam para motos com pneus sem câmara, montados em rodas de liga-leve ou para aquelas cujos raios não ficam em contato direto com o aro. Caso você tenha alguma dúvida, é bom conversar com o seu mecânico de confiança. Tais sprays podem ser achados em lojas de moto peças.

– Leve com você água, garrafinha térmica e barrinhas de cereais.

– Protetor solar também é muito bem-vindo.

eliana malizia– Fotografe: registre fotos com mais calma, leve um tripé  para fazer fotos suas em ação, ou mesmo peça para novos amigos – ou pessoas que estiverem passando por perto – para te fotografar. Vale até o famoso “selfie”. O mas importante é registrar imagens para sempre que você sentir saudades. Se, de quebra, você ainda tiver uma grande angular (uma lente com maior amplitude de enquadramento, também popularmente conhecida como “olho de peixe”), fará fotos incríveis!

E aí, empolgou? Nos vemos na estrada. Boa viagem!

 

 

 

 

 Galeria de imagens, eu Eliana Malizia viajando de moto por ai…

 

Clique nas imagens para aumentar:

Continue Lendo

Pesquisar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar nos títulos
Pesquisar nos conteúdos
Pesquisar nos posts
Pesquisar nas páginas

PARCEIROS

Newsletter

Cadastre-se para receber nossas novidades!

Facebook

Instagram

  • Dia lindo de sol.... e Itubaína bem gelada na mão pra curtir o Vans Park Series, principal campeonato do mundo da modalidade park, que será olímpica em Tóquio-2020. Evento sensacional! 
#ItubainaVansParkSeries  #ItubainaLovers #publicidade #VansParkSeries #Lifestyle #Skate
  • É na solidão do meu capacete que eu encontro tempo e inspiração para pensar sobre o que estou fazendo com a minha vida.
Quando acelero minha moto sinto a potência dela... e deixo pra trás minhas dúvidas, medos e preocupações, que acabam se dissipando com o vento.
É o ronco singular da moto que me impulsiona para conquistar a segurança em cada etapa do meu dia.
Foi sobre a motocicleta que percebi que onde concentro o meu foco é pra lá que eu vou. Seja na moto, seja na vida, é assim que funciona.
 Há dias em que planejo tudo; noutros, deixo que o inesperado me surpreenda
Mas nem por isso, abro mão de ser a única responsável pelas minhas escolhas. 
E foi pilotando que percebi como a moto me ensina a viver. 
E você? prefere ser piloto da sua história ou garupa dos acontecimentos?  Por Eliana Malizia @eliana.malizia ( Assista o vídeo no IGTV) ( Por que andamos de moto?). #desmowomen #ducati  #ducatista #ducatisupersports #ducatisupersport #ducatibrasil foto by @gustavoepifanio
  • Quem ainda não assistiu o video “ Por que andamos de moto”?.... corre lá no IGTV ( instagram TV)! 💪 #ducati #desmowomen #ducatista #ducatisupersports #ducatisupersport #ducatibrasil foto by @gustavoepifanio
  • POR QUE ANDAMOS DE MOTO? Assistam vídeo completo no IGTV. ( TV INSTAGRAM). #ducati #ducatista #ducatisupersports #ducatisupersport #ducatibrasil #desmowomen
  • Por aí... nas curvas da estrada com a  SUPERSPORT S, a esportiva urbana da Ducati -  Motor de cilindro duplo de 937 cm3 Testastretta 11°. São 113 cavalos a 9.000 rpm e torque linear com pico de 96,7 Nm a 6.500 rpm. #ducati #ducatista #ducatisupersports #ducatisupersport #ducatibrasil foto by @gustavoepifanio #desmowomen
  • No post anterior, fiz a pergunta... “ por que  andamos de moto?” Logo mais publicarei um vídeo sobre... aguardem!!! #ducati #ducatista #ducatisupersports #desmowomen #ducatisupersport #ducatibrasil foto by @gustavoepifanio
  • Por que andamos de moto? Eu ando de moto pra relaxar, me distrair, pensar só em coisas boas, pra aprender ter disciplina, ter foco, conhecer lugares diferentes, pra fazer parte da natureza... etc etc e você? #ducatisupersport #Ducati #ducatibrasil #ducatista #lifestyle #ducatistagram
  • Tem matéria sobre a Triumph Bobber Black no Site Acelerada.com.br @triumphbr BOBBER BLACK, capacete @axxisbymt , camiseta @kvraco , 📸 by @gustavoepifanio #BobberBlack #Triumph #TriumphBr #bonnevillebobber #bonnevillebobberblack #lifestyle #mulheresmotociclistas #testride #levis #moda #modafeminina #kvraco #kvra
  • Sobre fazer aniversário... ( 5 de Junho)  Fazer aniversário é reconhecer que amigos se importam com a sua existência!  É lembrar que só se nasce uma vez...e que por isso a oportunidade de viver é única...e de ser feliz também! Foto @gustavoepifanio

Siga-me!

Mais Acessados

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com