Connect with us

Lançamentos

Teste da Honda CBR 500R, versátil e econômica

Com a aparência de uma superesportiva, a CBR 500 R é fácil e leve de pilotar. Percorri por estradas e ruas agitadas em São Paulo e pude sentir que a moto é versátil, ótima para pilotar nas ruas, para ir ao trabalho, pegar uma estrada até mesmo com garupa e claro, nas pistas, que é o local perfeito e recomendado para iniciar a prática do motociclismo.

Publicado

em

Com a aparência de uma superesportiva, a CBR 500 R é fácil e leve de pilotar. Percorri por estradas e ruas movimentadas de São Paulo e pude de cara sentir que a moto é  versátil, ótima para pilotar nas ruas, para ir ao trabalho, pegar uma estrada até mesmo com garupa e claro, nas pistas, que é o local  perfeito para iniciar a prática do motociclismo.

O motor

Embora aparenta  ser uma superesportiva, ela não é, são 50,4 cv a 8.500 rpm e 4,5 kgfm de torque a 7 mil rpm, ela ganha mais torque em giros médios e altos, a postura no inicio cansa um pouco, por conta da posição, senti o peso do corpo  nos punhos e  braços, mas logo depois acostuma, o truque é deixar os braços levemente flexionados.

O motor de  471cc, DOHC, 8 válvulas arrefecimento a líquido tem um som gostoso aos ouvidos e fica ainda mais bonito nas altas aceleradas. O peso é leve, são 183 kg (seco), a CBR500R é a moto perfeita para motociclistas que desejam  uma  moto com cara invocada e que sirva para várias ocasiões, e o melhor de tudo, transitar com mais juízo, sem abusar,  em cima de uma moto linda e com cara de gente grande.

Com o câmbio de seis marchas você pode chegar próximo aos 170Km/h, a visão da frente é ampla, o banco é macio e todo esse conjunto ajuda bastante durante a pilotagem nas estradas. Nas ruas não tive dificuldade alguma, o cambio é extremamente macio, parece até mudar sozinho de tão suave, e quase não se escuta a mudança de marcha, a moto é levíssima para transitar entre os carros, manobrar  e estacionar.

Se você não é muito bom de curva ou ainda não tem muita prática e costuma colocar a culpa na moto, dizendo ” ah, essa moto não faz curva”, hummm…agora não tem mais desculpas,  essa moto foi feita  para você,  a CBR500  parece fazer a curva sozinha, ou seja, ela responde rapidamente os comandos de direção, deita fácil e você facilmente conseguira fazer curvas fechadas e até mesmo rápidas. É divertido pilotar a CBR500, parece um brinquedinho automático que responde todos seus comandos com bastante precisão e agilidade.

Os pneus  possuem  medidas 160 x 17 na traseira e 120 x 17 na dianteira, a suspensão é macia na medida certa. Mas confesso que  gosto da suspensão mais dura, principalmente para fazer curvas e pilotar em estradas. Mas….para a cidade, achei a suspensão macia na medida certa, ao ponto de entrar e sair nas curvas com segurança e confiança. Macia no limite!

Para finalizar

 

Apontando o que me incomodou;  no quesito praticidade – a tampa do tanque que precisa ser retirada para abastecer e no quesito visual – os parafusos ficam à mostra na ligação do tanque ao quadro. Mas não deixaria de comprar uma japinha dessas por conta desses “pequenos detalhes”, gostei muito da moto, ao ponto de até ter uma delas na garagem para dar um rolezinho e me divertir por ai.

A CBR500 R é perfeita para quem quer uma moto com pinta de superesportiva, ágil no transito, boa para um passeio fora da cidade e  perfeita para quem quer economizar, já que sua média de consumo é de 23km/l.

mulher-de-moto

Eliana Malizia, usa Capacete MT, jaqueta Dainese, Calça HLX, Bota Alpinestar e Luvas Fox

 

Ficha Técnica Honda CBR 500R

 

Motor: A gasolina, quatro tempos, dois cilindros, quatro válvulas por cilindro, 471 cm³, duplo comando no cabeçote e arrefecimento líquido.

Injeção eletrônica.

Câmbio: Manual de seis marchas com transmissão por corrente.

Potência máxima: 50,4 cv a 8.500 rpm.

Torque máximo: 4,5 kgfm a 7 mil rpm Diâmetro e curso: 67,0 mm x 66,8 mm.

Taxa de compressão: 10,7:1.

Suspensão: Dianteira com garfo invertido telescópico com 120 mm de curso e traseira com braço oscilante Pró Link e 119 mm de curso.

Pneus: 120/70 R17 na frente e 190/50 R17 atrás.

Freios: Disco de 320 mm na frente e disco de 240 mm atrás.

Dimensões: 2,07 metros de comprimento total, 0,78 m de largura, 1,41 m de distância entre-eixos e 0,78 m de altura do assento.

Peso seco: 181 kg (183 kg com ABS).

Tanque do combustível: 15,7 litros.

Produção: Manaus, Brasil.

Lançamento: 2014.

Preço: R$ 23 mil e R$ 24.500 com freios ABS.

 

Continue Lendo

Pesquisar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar nos títulos
Pesquisar nos conteúdos
Pesquisar nos posts
Pesquisar nas páginas

PARCEIROS

Newsletter

Cadastre-se para receber nossas novidades!

Facebook

Instagram

Instagram did not return a 200.

Siga-me!

Mais Acessados

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com