Connect with us

Última notícia

Como surgiu o primeiro Capacete para Motociclista?

Publicado

em

Você tem ideia de como surgiu o primeiro capacete para MOTOCICLISTA?  Mas vamos por parte? Primeiro vou contar sobre o significado da palavra HELMET ( capacete em inglês). Diminutivo da palavra helm,  traduzida como elmo. Dai vem a primeira curiosidade, os  elmos eram os  capacetes de guerra da idade média .

Os primeiros modelos de capacetes foram confeccionados de lona e goma-laca, depois de couro. E com o tempo, novos materiais foram surgindo e claro, aumentando a segurança. Mas e ai, da onde surgiram os primeiros? Vou contar!

Tudo começou por conta do  Thomas Edward Lawrence, conhecido mundialmente como Lawrence da Arábia.

Existe um filme sobre sua história; Lawrence da Arábia.

Thomas Edward Lawrence, também conhecido como Lawrence da Arábia, e Aurens ou El Aurens, foi um arqueólogo, militar, agente secreto, diplomata e escritor britânico. Tornou-se famoso pelo seu papel como oficial britânico de ligação durante a Revolta Árabe de 1916-1918.

Nascimento: 16 de agosto de 1888, Tremadog, Reino Unido
Falecimento: 19 de maio de 1935, Bovington, Reino Unido

E como ele faleceu?

Lawrence sofreu um acidente em maio de 1935  quando pilotava sua moto, uma Brough Superior SS100  (Fabricante inglesa é conhecida como a “Rolls Royce das motos), em uma estreita estrada perto de sua casa de campo em Clouds Hill. O acidente ocorreu por causa de uma depressão na estrada, que deixou obstruída sua visão de dois garotos que andavam em suas bicicletas. Ao tentar desviar-se deles, Lawrence perdeu o controle e foi jogado por cima do guidão, e sofreu graves lesões na cabeça que o deixaram em coma. Faleceu seis dias depois do acidente. Um dos médicos que o atendeu foi o neurocirurgião Hugh Cairns, que começou um longo estudo que ele chamou de: “Perda desnecessária de vidas por pilotos de motocicleta devido a ferimentos na cabeça”.

Foi assim que tudo começou

Graças ao estudo de Cairns ( médico neuro), o exército inglês desenvolveu e passou a utilizar capacetes para os seus soldados que se deslocavam com motocicletas. Essa prática acabou sendo seguida pelos civis, o que resultou na criação posterior de uma legislação que obrigava o uso de capacetes pelos motociclistas na Inglaterra, que foi seguida posteriormente pela maioria dos países do mundo.

E tem mais HISTÓRIA – A Casa do Capacete

Como eu sempre recomendo a Loja Casa do Capacete para comprar equipamentos de segurança, não teria como deixar de contar também, a historia da loja. é bastante interessante, se liga!

                                        Uma história de sucesso desde 1989

A Casa do Capacete foi criada em 1989 e situava-se primeiramente na Rua 25 de Janeiro, no bairro da Luz, próxima a Rua das Noivas. Tinha como proposta fabricar e comercializar capacetes diferenciados e seguindo as tendências mundiais da época, aquela época era proibida a importação de produtos manufaturados, Lei que vigorou de 1976 até 1992. Em 1989 a Casa do Capacete fabricava no Brasil capacetes mundialmente conhecidos para automobilismo e motociclismo, tendo sido a pioneira no Brasil na fabricação de artigos de segurança para pilotos de kart e automobilismo e também os produtos militares mais utilizados pelas forças armadas e Policias Militares do Brasil e também do exterior;

Após alguns anos com a deterioração que se deu no Bairro da Luz, a Casa do Capacete viu-se obrigada a procurar uma melhor localização para atender a seus seletos clientes, e foi assim que no ano de 1990 instalou-se na Avenida Pacaembu, local onde permaneceu por quase 15 anos no imóvel do numero 1461 daquela avenida – a época contava com inúmeras representações e a loja era relativamente pequena para a clientela que recebia.

No ano de 1996 com a expansão do mercado de motos inaugurou mais duas filiais – ficando assim com 3 endereços, situadas a Rua Conselheiro Saraiva em Santana, na Avenida Pacaembu e na sua nova matriz a Avenida Rebouças ( com 1500 metros de área útil ) neste mesmo ano lançávamos a linha de artigos para Kart CDC, foi nesta época que a Casa do Capacete começou a revender uma ampla linha de capacetes da segunda maior fabricante de capacetes do Brasil – GLOBAL;

Em 2003 a Casa do Capacete iniciou uma nova fase importando os mundialmente conhecidos capacetes da marca MHR Capacetes, e que agora chamam-se XCEED

No ano de 2007 lançou a nova linha de produtos PRIMUS – para kart fabricados seguindo os melhores padrões de qualidade e tendências do mercado. Os produtos PRIMUS são modelos atuais voltados atualmente para o automobilismo esportivo que contam com a analise de renomados institutos de qualidade.

Em 2007 inaugurou sua filial no Shopping Moto e Aventura com um show room dedicado a suas marcas próprias e representações principais.

No ano de 2008 – quando completou 20 anos – a Casa do Capacete juntamente com outras empresas de visão e conscientes de sua responsabilidade social e sua dedicação em vender e fabricar sempre produtos de alta tecnologia ajudou a fundar a Associação dos Comerciantes Representantes e Importadores de Capacetes do Brasil ( ACRICBRA ) que tem por finalidade incrementar e incentivar as boas relações de seus associados com os órgãos regulamentadores e também para fazer cumprir as leis, códigos e regras estipuladas pelos órgãos regulamentadores.

Atualmente a linha de capacetes XCEED possui produtos fabricados com a mais alta tecnologia, injetados em ABS ou em Multi-Fibras pelo processo Bag-Molding, e são submetidos a exaustivos ensaios de qualidade antes de serem destinados a comercialização, os capacetes XCEED passam pelos mais rigorosos testes de impacto, resistência e qualidade no IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas e FALCAO BAUER e são aprovados pelo Inmetro no Brasil seguindo a norma NBR 7471/2001.

Em 2011 a Casa do Capacete iniciou a distribuição dos charmosos capacetes ASTONE ( Franceses ) que possuem como apelo a classe, bom gosto e o indiscutível Design Francês e que possuem um aspecto de elegância indiscutível perante os consumidores mais exigentes.

A Casa do Capacete em 2011 reformou suas instalações na Avenida Rebouças,815 ampliando sua área de vendas e quantidade de produtos a disposição e com o novo site.

E agora, conta com uma nova loja, na Av. Pacaembu , sendo hoje sua maior loja e a mais bonita ( na minha opinião).

Horário de funcionamento

SITE https://www.casadocapacete.com.br/


Loja Pacaembu

Av: Pacaembu 1020, Pacaembu – SP
Segunda a sexta: 08:00hs às 18:30hs
sábado: 09:00hs às 17:00hs
Domingo: 10:00hs às 15:00hs

Telefone: (11)3060-4240 (11)3661-6782

Celular: (11)96473-9965 ( VOCÊ PODE COMPRAR PELO TELEFONE)

E-mail: comercial2@casadocapacete.com.br


Loja Rebouças

Av. Rebouças,815 Cerqueira Cesar – SP
Segunda a sexta: 08:00hs às 18:30hs
sábado: 09:00hs às 17:00hs
Domingo: 10:00hs às 15:00hs

Telefone: (11)3088-6834

Celular: (11)97095-3835

E-mail: loja@casadocapacete.com.br

 

Pesquisar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar nos títulos
Pesquisar nos conteúdos
Pesquisar nos posts
Pesquisar nas páginas

PARCEIROS

Newsletter

Cadastre-se para receber nossas novidades!

Facebook

Instagram

  • Não importa o modelo, toda moto foi feita  para fazer curva. Vamos  trocar dicas para não errar ou se atrapalhar  na hora da curva? Primeira dica:  O OLHAR - você deve olhar  para onde se quer ir, é a primeira dica básica e fundamental para acertar a  curva. Vai olhar para o caminhão lá do outro lado da pista? Certamente sua moto vai em direção a ele. Se concentre pra onde você olha na curva, nada de querer olhar o passarinho ou qualquer outra coisa que não seja a direção que a moto precisa “ entrar” na curva! Quem dá mais dicas? No próximo post, vou falar sobre todas as dicas... mas quero saber as dicas de vocês também... vamos lá, escrevam aí....foto by @canelafinafilmes
  • Se ligam aiiii.....eu de POLARIS SLINGSHOT 2018. E já fica a pergunta ...um CARRO ou uma MOTO de 3 rodas? 
A última vez que fui para o festival Daytona Bike Week , passei a maior parte do tempo no Daytona Internacional Speedway, onde rolava varias atrações. E estava rolando o Test Drive ou “ ride” rs , do SLINGSHOT. E lá fui eu claroooo! 
O modelo ( da foto é 2018) de três rodas e dois lugares possui um motor originário da GM, com 2.4 litros Ecotec DOHC desenvolvendo 175 CV de potência e 224 Nm de torque máximo, surgindo acoplado a uma transmissão manual de cinco velocidades e com bancos esportivo, ah, e pesa  793 kg.
Slingshot é fabricado pela Polaris Industries, nos Estados Unidos (Alabama), e eles chamam de “ motocicleta de três rodas”. Bom, pra mim, tem volante? Então não é moto! Mas...
Hoje mesmo, pesquisei com o pessoal da @polarisdobrasil sobre o motor do SLINGSHOT 2020,  e aumentou um bocado, agora com 200 cavalinhos! Ah e não esqueça de arrastar o dedo para o lado, que tem alguns vídeos que gravei por lá, durante a acelerada do SLINGSHOT também eu dando uma “voltinha” com um piloto, só nos Drifts!!! #Slingshot #acelerada #aceleradas #polaris #polarisslingshot #drift
  • Aquela primeira foto postada mostrando só um pedacinho do MariDon, pq ele não é exibido como eu! Massss, passei aqui pra contar pra vocês que tem CUPOM do bom. DIA DOS NAMORADOS CHEGANDO!! Use “ cupomacelerada” e ganhe 15% de desconto em qualquer produto na loja @casadocapacete , mas atenção, apenas para compras feitas pelo site - CUPOM ATIVO SÓ ATÉ DIA 12 de JUNHO!!!! WWW.CASADOCAPACETE.COM.BR #casadocapacete #capacete #tutto #dainese #alpinestars #shoei #astone #ls2 #forza #usecorse #bell #shark #diadosnamorados
  • Hoje acompanhei a Live  incrível da @patrifernandes, e ela tocou em um assunto que nunca havia parado pra pensar....sobre, o que as pessoas que nos acompanham nas redes sociais pensam sobre nós? Qual a imagem que a gente passa pra elas ? ( no caso, vocês). Fiquei curiosa...então segue umas perguntas pra eu ter uma ideia de como vocês me enxergam como pessoa...conto com as respostas de vocês. Obrigadaaaaa!!!! 💋
Se eu fosse um carro, qual carro eu seria?
Se eu fosse uma moto, qual moto eu seria?
Se eu fosse um animal, qual animal eu seria?
Se eu fosse uma marca de roupa, qual marca eu seria?
Se eu fosse uma artista, qual artista eu seria? Ou então pra facilitar, eu pareço ser simpática, chata, metida, humilde , solicita, preguiçosa, agitada, intrigante, burraldinha, atrapalhada, fútil, culta, carinhosa, ogra, vaidosa, relaxada? Enfim.... que imagem eu passo pra vocês? Pode falar parte negativa também, não tenho problemas com críticas ok? Mandam ver! 👊
  • E olha eu aí... na garupa do piloto @piloto_leandromello , melhor que montanha russa, que saltar de paraquedas, que voar de asa-delta, adrenalina total! Quem tem medo não tem a chance da alegria....o corpo recebe uma descarga de adrenalina, responsável por fazer o organismo liberar grandes quantidades de endorfina e serotonina, que são os hormônios responsáveis pelas sensações de prazer e bem-estar, ou seja, da FELICIDADE!
  • Acabou de chegar em casa para test ride e avaliação, com total exclusividade, só pra mim, assim que acabar a “setentena” qual será o destino? Vou pro trilho ou vou pra estrada?
  • A gente pilota de tudo, moto, carrinho de controle de remoto, Mobilete, fogão de vez em quando e alguns anos atrás pilotei Avião ... é... quando fiz meu curso para tirar CERTIFICADO DE PILOTO DESPORTIVO. Quem aí sonha em aprender a pilotar avião? Mesmo que um pequenino ? É assim que começa...
Neste post vou deixar aqui dicas úteis para quem quer começar a aprender a pilotar um ultraleve igual a este aí da foto!! Antes de começar o curso de pilotagem  verifique os níveis de cursos e aprenda por etapas. Meu primeiro curso foi o CPD (Certificado de Piloto Desportivo), esse curso deve ser o primeiro; com essa carteira (certificado), você pode voar até  40km a partir da area de decolagem e sempre pousar na pista que decolou. Depois dessa etapa, vem o segundo curso; CPR (Certificado de Piloto de Recreio), com esse certificado você voar por todo Brasil.
Ahhhh meuuu.... Experiência inexplicável....durante as aulas práticas a felicidade foi imensa, e a primeira vez que pude pilotar sozinha, foi maravilhoso, uma das sensações mais inusitadas da minha vida.  E fica a dica, Escolha uma escola homologada pela ANAC (Agencia Nacional de Aviação Civil). Eu comecei o curso na escola ultra freedom em Tatuí, interior de São Paulo, não terminei, : ( mas quem sabe eu volte ainda este ano? Ah, e tem moto que custa mais cara que este aviãozinho aqui 👆#pilotodesportivo #pilotodeaviao #pilotadeaviao #cpd #cpr #anac #tatui #aeroclube #voandoalto #mulheresqueinspiram #kolbflyer
  • Living a Live!! É.... não tem como fugir, em tempos de quarentena ( setentena) estamos também em tempos de medos, surpresas, mudanças, superações, reflexões...acredito que hoje somos pessoas diferentes, mais humildes, valorizamos mais as coisas pequenas, que não custam muita grana.
O que eu tenho aprendido com todos desafios e barreiras que a vida tem colocado no meu caminho? Priorizar a família, ações saudáveis ( motocar por aí  está incluso rs) e relacionamentos que somam e que tudo isso sim é realmente viver e aproveitar a vida de forma leve.... Nada pode ser muito fácil né? Afinal, se você achar um caminho sem obstáculos, provavelmente ele não te levará a lugar nenhum. E você? Me conta .... Descobriu algo diferente em você nesta quarentena? Foto by @epix.photo @gustavoepifanio
  • Molequices do passado!!! ah....quem não tem histórias “ fora da lei” pra contar vai? Uma hora a gente aprende, hoje tenho juízo 🙌... mas vou contar pra vocês....
Eu e minha amiga Cibele @sayurii_k por diversas vezes partíamos de moto ( ela na garupa levando os skates nos braços) em busca de aventura....procurando uma ladeira para descer de Longboard. Um certo dia...tivemos a ideia de descer o primeiro túnel da imigrantes de long...é...é sério.. conta pra ninguém tá? O plano era sair em um dia que estivesse rolando a operação comboio por causa da neblina , assim teríamos o túnel somente pra nós. E assim foi, seguimos até o túnel, ficamos por ali, “escondidinhas “. E quando parou de passar carro, chegou nosso momento, túnel todo nosso! E lá fomos nós, cabelos ao vento, só quem gosta de skate sabe do que estou falando....fantástico! Não tivemos tempo de fazer fotos, afinal .... estávamos vivendo ali uma aventura pra se fazer uma vez na vida, tínhamos que aproveitar cada segundo, sem tempo para cliques! 
Está foto aí que vocês estão vendo foi um dos nossos momentos de adrenalina, não podíamos ver uma decidinha, mas está aí foi suave.....O videozinho seguinte sou eu curtindo o longboard no parque do Ibirapuera, era a terapia da noite! E você já fez uma maluquice em busca do vento? #MeuPassadoMeCondena #Acelerada #HistoriasProibidas #longboardgirl #Longboard

Siga-me!

Mais Acessados

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com