Connect with us

outras viagens

Viagem: Com a BMW S1000XR em Aiuruoca

Fiz uma pequena mala, peguei a minha câmera fotográfica e o tripé, vesti equipamento de segurança, subi na BMW S1000XR e parti, feliz, para mais uma aventura sobre duas rodas com destino certo: a pequena Aiuruoca, em Minas Gerais.Sinceramente, eu nunca tinha ouvido falar em Aiuruoca…

Publicado

em

Por Eliana Malizia

Fiz uma pequena mala, peguei a minha câmera fotográfica e o tripé, vesti equipamento de segurança, subi na BMW S1000XR e parti, feliz, para mais uma aventura sobre duas rodas com destino certo: a pequena Aiuruoca, em Minas Gerais

 

Eliana Malizia

aiuruocaSinceramente, eu nunca tinha ouvido falar em Aiuruoca antes. E, talvez, este tenha sido o principal motivo de eu ter topado essa viagem; ir para um lugar diferente, pequeno e desconhecido – adoro coisas novas! Partindo de São Paulo, segui pela Nova Dutra até a cidade de Cruzeiro, sempre seguindo as placas sentido Passa Quatro, Caxambu e… Aiuruoca. Peguei trechos bastante sinuosos, mas sem pressa, parando várias vezes para fotografar paisagens pelo caminho. Deslumbrada com o que via, curti intensamente cada acelerada.

 

Pouco antes de chegar à pousada, em uma estradinha de terra, fui presenteada com um multicolorido pôr do sol. Parei a moto ali mesmo e fiquei um tempo, apreciando aquele espetáculo natural, até a noite chegar. Pilotar motos tem dessas. Muitas vezes, paramos a viagem apenas para apreciar a natureza.

eliana malizia

 

A tal da Aiuruoca

Localizada no Sul de Minas Gerais, Aiuruoca é considerada uma das melhores cidades de Minas para o ecoturismo. Ela faz parte do Circuito Terras Altas da Mantiqueira e do Parque Estadual da Serra do Papagaio. A cidade foi descoberta pelo padre João de Faria Fialho, em 1692, e fundada em 1706. Hoje, possui pouco mais de 6 mil habitantes.

 aiuruocaCasos e “causos”

A Fazenda São Pedro foi onde escolhi me hospedar e, sem dúvida alguma, foi uma boa decisão. O antigo casarão não é um simples hotel tentando ser uma “casa de fazenda”. Pelo contrário! É, sim, uma fazenda de verdade, de 1830, onde há suítes para hóspedes.

Você tem até a opção de interagir com a família que vive lá; tomar café, almoçar e jantar em uma grande mesa na cozinha com todos eles. Se topar, vai ver que é muito legal! Você escuta os interessantes casos e “causos” que a Família Arantes conta.

E falando em cozinha, a Dona Nilza (cozinheira) e a Dona Nelsa (anfitriã e chefe de cozinha) preparam pratos mineiros que, só de lembrar, dão água na boca. O mais curioso foi provar o tal de ora pro nobis (em latim, ore por nós), uma espécie primitiva de cacto que chega a ter 25% de proteínas e, por isso, é conhecido como o “bife de pobre”.

Comidinhas da Fazenda

Comidinhas da Fazenda

Se você gosta de sabores diferentes como eu, vai adorar provar as frutas da fazenda e, o melhor, poderá prová-las logo que forem colhidas. Graviola, jacamanga, uva japonesa, vampiro (uma fruta lembra o sabor da lichia, e tem esse nome porque, dizem, atrai morcegos) e outras mais.

É possível passar o dia inteiro na fazenda conhecendo a rotina rural, fazer trilhas para a cachoeira, andar a cavalo e, até mesmo, remar com caiaque na represa. Mas, embora tenha tudo de bom lá mesmo, vale muito a pena conhecer outras cachoeiras e atrações fora dela, no entorno da região.

Represa da Fazenda

Represa da Fazenda

Vista da Pousada das Bromélias

Vista da Pousada das Bromélias

Vale lembrar que, com exceção do Centrinho, para chegar nas demais atrações, é necessário seguir por estradas de terra. Para o Vale do Matutu eu fui de moto, e foi bastante tranquilo. Mas para chegar na Cachoeira das Garcias – onde é possível também apreciar de um mirante a gigantesca pedra Pico do Papagaio – a trilha não é totalmente de terra batida e alguns trechos são esburacados. Por isso, decidi ir com o jipe da Fazenda São Pedro.

Fique bem tranquilo: é possível fechar pacotes de passeios com a fazenda, ou mesmo com outros guias da região, caso você não queira colocar a sua moto ou o seu carro na terra. O que não pode é deixar de conhecer as atrações. Eu aproveitei todas!

Aiuruoca é um daqueles lugares que deixa saudades. Fui embora feliz pela experiência e pelos lugares e sabores que conheci e provei! Voltei pra São Paulo com “uns pesinhos a mais” na bagagem: queijos, doces e licores da região. O chato foi pegar 200 km de chuva na volta. Foi preciso acionar o modo “rain” da moto e, assim, voltei com segurança! Cheguei bem em São Paulo, renovada e com as baterias recarregadas para encarar a rotina da cidade grande. Nos vemos na próxima acelerada! Tchau!

Off Road light, com a S1000XR

Off Road light, com a S1000XR

cachoeira das garcias

Cachoeira das Garcias

Igreja Matriz

Igreja Matriz

Vale a pena conhecer

O Centrinho de Aiuruoca (com a Igreja da Matriz e o Museu Municipal Dr. Júlio Arantes Sanderson de Queiroz), a Cachoeira da Lage, a Cachoeira das Garcias, o Vale do Matutu, e o Pico do Papagaio

Curiosidade

Em Aiuruoca, o Carnaval é antecipado. O Monsenhor Nagel proibiu a comemoração na cidade devido aos retiros espirituais e missas religiosas, que são realizados todos os anos nas datas do Carnaval. Por conta disso, os aiuruocanos não tiveram outra alternativa, a não ser antecipar a festa na cidade, e assim é até hoje. E esta festa antecipada se tornou conhecida até internacionalmente!

SERVIÇO

Onde ficar?

Pousada Fazenda São Pedro

Optei em percorrer uma Estrada de terra de 14km para me hospedar na Fazenda, mesmo o pneu da S1000XR sendo apropriado para asfalto, pilotei com bastante conforto. A estrada de terra está em ótimas condições e a BMW mandou muito bem. Site: fazendasaopedro.com.br

Fazenda São Pedro

Onde comer?

Restaurante Kiko e Kika

O francês Kieran Craik, o Kiko, é o chefe de cozinha, junto com sua esposa, Cristina Huguenin, a Kika. Sugiro a truta defumada com batata rosti, que é o carro chefe do restaurante. Ambiente rústico e elegante.

?Estrada para o Vale do Matutu, Aiuruoca
Telefone: (35) 9927-4853 (ligue antes, pois não abre todos os dias)

Dona Azeitona

Pizzas e caldos.

Praça Monsenhor Nagel 90, Centro, Aiuruoca
Telefone: (35) 3344-1964

Principais distâncias

Coincidentemente, as distâncias entre Aiuruoca e São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, são as mesmas: 370 Km

Matéria também publicada no Portal da Revista Playboy

http://www.playboy.com.br/2016/06/de-moto-rumo-ao-paraiso-do-ecoturismo/

Galeria de fotos ( clique na imagem para ampliar)

 

Continue Lendo

Pesquisar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar nos títulos
Pesquisar nos conteúdos
Pesquisar nos posts
Pesquisar nas páginas

PARCEIROS

Newsletter

Cadastre-se para receber nossas novidades!

Facebook

Instagram

  • O MEU LADO GARUPA!!!! Arraste para o lado para ver a postagem que tá rolando “ garupa é para as fracas? ”. Mas que pensamento pequeno hein? Não sei quem criou este post e nem quero saber... mas fica uma reflexão. Garupas também são motociclistas, são formadores de opinião ( muitas delas  escolhem a moto que o parceiro ou parceira irá comprar). Escolhem o destino, ajudam no percurso, no aviso de um radar. Garupa tem que saber ser garupa e ajuda muiiiito na hora da pilotagem, principalmente nas estradas off. Sem contar que ser garupa também é uma delicia, a gente pode viajar coladinho, aproveitar e olhar mais para os lados e curtir ainda mais a paisagem, beeeem mais que o piloto. Eu sempre incentivo a garupa aprender a pilotar moto , mas se ela não quer , támbem está lindo, porque ser garupa é maravilhoso, o motociclismo é um universo incrível e fraco é quem vê defeito onde não tem, fraco é achar que viajar juntinho de casal é ruim...aí ai ai... deve ser dor de cotovelo ....sabe de nadaaaaa!!! Até eu que amooooooo pilotar, adorooooo ser garupa pra ficar coladinho no maridonnnnn! Galera lokaaaa minha gentemmmm, larga os rótulos e bora pegar estrada...seja como for, de CG, de GS, no piloto, na garupa... seja como for...! Parabéns @filhasdoventoedaliberdade pela postagem!
  • Aposto que muitos proprietários da Harley-Davidson Fat-Boy nao sabe sobre alguma das histórias e lendas sobre o nome da moto.  E aí?
Por que o nome Fat Boy? Primeira versão mais contada é que foi dado este nome por causa das suas dimensões e do ronco “gordo” do motor V-twin. Mas existe uma outra versão ....Bom, todo mundo sabe que nos dias 6 e 9 de agosto de 1945, foi lançado pelos Estados Unidos duas  bombas atômicas sobre as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki, mas que poucos sabem é que as duas bombas se chamavam Fat Man e Little Boy, e foram lançadas por dois bombardeiros Boeing B-29 – batizados Enola Gay e Bock’s Car. 
E muitos acreditam que  a Fat Boy recebeu este nome em “homenagem” às duas bombas e foi apresentada na cor prata com detalhe amarelos por causa dos aviões ( que tinham estás cores). Tanta coincidência...faz bastante sentindo, mas pelo que pesquisei, acredito que seja uma grande Lenda.
  • Quem aí também adora as coisas mais simples de uma viagem? Como...parar em uma beira de estrada, tomar um caldo de cana ( sem ligar para as calorias), sentir o vento, e não pensar em mais nada... ooooohhhh vidãoooo!! Ok que estou de motão, Harley-Davidson Fat Boy, motorzão 114.... mas muita gente aí sabe que dá pra fazer viagens com motos de baixa cilindrada, basta ter o espírito de aventura na veia e claro, a moto revisada e bem cuidada...a viagem não precisa ser longa, a moto não precisa ser grande, e a parada não precisa ser no melhor restaurante.... alias, nem em restaurante precisa ser...te com pouca grana, leva um lanchinho e seja feliz...fica a dica! E você ? O que mais gosta de fazer nas paradas? Cafezinho? Almoçar? Apreciar paisagem? Conhecer um ponto turístico? Bater papo com Namo? Com amigo?
  • Lá vem mais uma super dica de viagem pra vocês...vou contar só um pedacinho do texto que logo logo estará em destaque no site. “Manhã de sábado, peguei a Rodovia Presidente Castelo branco sentido  Boituva/Iperó....
Entrando em Iperó logo segui uma estradinha simpática cheio de paineiras na beira da estrada e barracas de pastel e caldo de cana. Como maioria dos restaurantes estavam fechados, opa, garanti meu almoço ( ou melhor...meio café, meio almoço...ainda era 11h), fui de coxinha e caldo de cana mesmo. Neste sábado fazia muito, mas muito calor....aproveite para curtir a rede que tinha em uma das paineiras e fiquei por ali curtindo o ventinho e admirando a bela estrada e a super Fat....só pensando no meu destino principal... Ipanema...”. uhuuu... conto logo mais....
  • A pergunta agora vai para vocês... me contam aí a diferença do motor 107 para o motor 114? Qual você prefere?  107 é o suficiente pra você?
  • E qual é a moto da Trip? Ela é grande e forte, mas está um pouco escondidinha...em segundo plano na paisagem.Hehe! Amanhã começo a postar mais uma dica de viagem.... sabiam que Sampa tem Ipanema? #publicidade #harleydavidson #harleydavidsondobrasil #acelerada #aceleradas #harleylifestyle #harleyaddicts #aceleradadeharley #mulheresmotociclistas #mulheresdeharley #harleystyle #mototurismo #mototerapia #dicadeviagem #viagem #turismo #turistando #viajaréviver #motoévida #apaixonadosporharley #apaixonadospormotos #onroad #harleysdesampa #harleysdeminas #harleysdesantos #harleysdosertao #harley #fatboy #softailfatboy #harleydavidsonfatboy
  • Feliz aniversário!! Hoje, dia 12 de outubro, Bel faz seu primeiro ano! ♥️ #felizdiadascriancas #aceleradinha #bel #felizaniversario #1ano #primeiroano #primeiroaniversario #luadebel
  • Instagram Image
  • Avaliei o novo APP JEEP TRILHAS. E....galeraaaaaaa, é o aplicativo que faltava!! São muitas opções de destinos para TODOS carros 4x2 e 4x4 ( não só para clientes Jeep). Ah.... ( e olha que vai servir pra motociclista também hihi). Hoje foi avisado online para a imprensa especializada. Mas tive o privilégio de ser convidada para testar o aplicativo ( na prática e na lamaaaa....clarooooo) antes mesmo de lançarem na midia! Uhuuu!!!! Matéria completa no site! #jeeptrilhas #jeepéjeep #appjeeptrilhas #trilheiros #jeepbrasil #jeepnation #mulherestrilheiras #mulheresaovolante #mulheresjeepeiras #4x4 #mundooffroad #offroad #mulheresoffroad #saianaestrada #jeepcompass #jeepcompasslimited #diesel #4x4diesels #suv #suvlife #naestrada #viagem #turistando #salesopolis #salesopolisadventure #nascentetiete

Siga-me!

Mais Acessados

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com