Connect with us

Lançamentos

Novas BMW R1250 GS e GSA: evolução na excelência!

Publicado

em

Por Rosa Freitag

Como melhorar um ícone no segmento das big trails?


As motocicletas da linha GS com o motor Boxer e os típicos cilindros “saltados para fora” têm sua legião de fãs. A introdução da refrigeração líquida, em 2013, foi um grande marco de renovação. Nos anos seguintes, inovações em eletrônica e recursos de pilotagem, como o painel TFT, ajuste inteligente das suspensões, modos de pilotagem com aprimoramentos no ABS e controle de tração, Quick Shift e acelerador eletrônico. E agora, uma plataforma de conectividade, com leituras dinâmicas do comportamento da moto e o aplicativo “BMW Motorrad Connected”, que possibilita o controle do áudio do celular no painel e navegação seta a seta, entre outros recursos.


O novo propulsor Boxer bicilíndrico, de oito válvulas e 1.254 cm3, desenvolve 136 cavalos de potência a 7.750 rpm e 143Nm de torque a 6.250 rpm — antes 125 cavalos de potência a 7.750 rpm, 125Nm de torque a 6.500 rpm e 1.170 cm3 do modelo anterior. E a grande inovação nesse motor com controle variável de válvulas é a tecnologia ShiftCam: a árvore de comando proporciona a abertura diferenciada das válvulas de admissão do motor, com diferentes perfis. Dependendo da rotação e da solicitação de carga, o came de comando comuta entre o perfil de carga parcial e o perfil de carga total. Assim, há maior capacidade de aceleração, elasticidade do motor e muito torque mesmo em baixas rotações, aliado ao câmbio de seis marchas com embreagem hidráulica antideslizante, lubrificada a óleo. Virabrequim, pistão, diâmetro do cilindro, fornecimento de óleo, sincronismo das válvulas… tudo é novo! A gasolina ideal para esse motor, com melhoria de 4% na eficiência de consumo, é a Comum; o tanque da GS comporta 20 litros e o da GSA, 30 litros. O freio dianteiro agora tem caliper da marca Hayes (EUA); o traseiro permanece Brembo.


Entre as inovações tecnológicas de série, o auxílio em aclives (HSC Pro), ativado automaticamente, através de um inclinômetro: você solta os freios e a moto não desce. O DBC (Dynamic Brake Control) evita que o acelerador acione em conjunto com o freio em uma emergência e amplifica a transferência da força de frenagem na roda traseira. O ABS Pro não deixa perder a tangência da curva. A pré-carga do amortecedor tem os modos “Min-Auto-Max”, e no automático faz o “sag” adequado de acordo com o peso do piloto, identificando também se há garupa ou peso de bagagem. Todos os modelos vêm com o painel TFT.


Em termos de ergonomia, o assento standard é ajustável em duas posições de altura (85/87 cm) e há opções de kit baixo (amortecedores 20 mm mais curtos, com ESA) e banco baixo (-3 cm). A GSA tem o parabrisa mais alto, pedaleiras mais largas e o ângulo de cáster menor, favorecendo a pilotagem no offroad.
Para quem já possui uma 1200, todos os acessórios de malas servem na 1250. Somente o protetor de motor é diferente devido à nova curva de escape, com 3 sondas lambda para a melhoria da eficiência da queima de combustível.

TEST RIDE ON E OFFROAD


Fiz um roteiro de 300 km, com trânsito urbano, rodovias, estradas vicinais e estradas de terra. Usei o banco baixo com gel do Pedrinho Bancos, e assim pude pilotar com conforto e segurança, apoiando um pé no chão (tenho 1,60m). O centro de gravidade é baixo, e assim que ergui o apoio lateral, a moto se tornou leve e fácil de pilotar. A última GS 1200 que eu havia pilotado foi a 2015, e para mim a diferença mais notável está nas suspensões. Pensei que o recurso do “sag automático” não fosse atuar com o meu peso de 60kg, mas ao sentar e ligar a moto em um botão (o modelo Premium+ que testei é Keyless, então basta deixar o sensor de presença no bolso), a suspensão se ajustou, a altura abaixou e o percurso na estrada foi confortável, com firmeza e segurança nas curvas. Alternei entre os modos Rain, Road e Dynamic Pro (este deixa a arrancada mais “brava”!) e testei o Quick Shift para subir e descer marchas, piloto automático e o auxílio nas partidas em subidas. Nas frenagens, seja para reduzir velocidade ou parar, a frente permanece estável, não afunda e não desequilibra.


Eu considerava a GS 1200 mais divertida de andar no offroad do que no asfalto, pois acho muito confortável a posição em pé, firmando os joelhos nas laterais macias do banco. E com a 1250 não foi diferente! Ergonomia excelente e suspensões muito boas, mantendo a direção da roda dianteira ao passar em buracos, costelas de vaca, poeirão e cascalho. Acionei o modo Enduro Pro (é necessário um plug de codificação para ativar este modo, que permite desativar ABS e controle de tração), e o torque e resposta do acelerador tornam-se ótimos para lidar com as situações de baixa aderência e trechos íngremes. Esta GS transmite muita confiança para acelerar no fora de estrada e fui flanando a 60 km/h com total controle.


Em essência, o novo modelo mantém todas as características que definem a tradicional “GS Boxer”, agregando inovações mecânicas e tecnológicas que justificam um upgrade para quem já tem uma 1200 e fazem balançar a tomada de decisão para quem está considerando uma big trail nessa faixa de preço, a seguir:


Modelos e pacotes:
A R 1250 GS é oferecida com os pacotes: Sport (R$ 69.950,00) e Premium (R$ 82.950,00). O pacote Sport acrescenta aos itens de série farol em LED; luz de posição diurna; protetor de escapamento cromado; manoplas aquecidas; controle de pressão dos pneus (RDC); controle eletrônico de velocidade; protetores de mãos; luzes de direção em LED e banco conforto.
Na versão Premium, todos os equipamentos de série e do pacote Sport, mais controle de tração dinâmico (DTC); ajuste eletrônico dinâmico da suspensão (D-ESA); sistema de partida sem chave (keyless); assistente de troca de marchas pro; modos de pilotagem pro; preparação para GPS; kit passageiro; kit de rebaixamento (com banco baixo); motor com acabamento preto; ABS pro; suporte para malas laterais e rodas raiadas.


Há quatro opções de cores: “preto metálico” e “azul metálico” (somente no pacote sport), “exclusive” e “estilo HP” (somente no pacote premium).
A R 1250 GS Adventure é disponibilizada no pacote premium (R$ 91.950,00), que traz, além dos itens de série, controle de tração dinâmico (DTC); ajuste eletrônico da suspensão (ESA); farol em LED; sistema de partida sem chave (keyless); luz de posição diurna; assistente de troca de marchas pro; modos de pilotagem pro; preparação para GPS; protetor de escapamento cromado; manoplas aquecidas; controle de pressão dos pneus (RDC); controle eletrônico de velocidade; farol adicional em LED; luzes de direção em LED; ABS pro e suporte para malas laterais em alumínio.


O modelo é oferecido em três opções de cores: “cinza”, “exclusive” e “estilo HP”.

Continue Lendo

Pesquisar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar nos títulos
Pesquisar nos conteúdos
Pesquisar nos posts
Pesquisar nas páginas

PARCEIROS

Newsletter

Cadastre-se para receber nossas novidades!

Facebook

Instagram

  • Outro lançamento que rolou no @festivalduasrodas - a Harley-Davidson LOW RIDER S - um modelo clássico dos anos 80, estilo californiano - com Motor de 1.868 cc,  Milwaukee-Eight 114. Gostaram???? #lowriders #lowriderbikes #lowriderbrasil #harley #harleydavidsonlowrider #lowrider #harleydavidson #harleydavidsondobrasil
  • Ducati apresentou no @festivalduasrodas , a esportiva Panigale V4 S, com motor de 4 cilindros, 1.103 cc de cilindrada, o motor rende 214 cavalos de potência a 13.000 rpm e 12,6 kgfm a 10.000 rpm. O peso?  leve pacas, apenas 175 kg. #ducati #ducatibrasil #panigalev4 #v4 #ducativ4rs #desmowomen
  • As Aceleradas, participaram de uma ação linda, pilotaram pela primeira vez no autódromo de Interlagos, um sonho realizado! Leia lá no site acelerada, elas contam sobre este momento inesquecível. Experiência oferecida pela @ducatibrasil no @festivalduasrodas. #aceleradas #festivalduasrodas2019 #festivalduasrodas #elaspilotam #desmowomen #ducati #ducatibrasil #elianamalizia Fotos @arthurseraphim e @alek_ribet
  • Mais um pouquinho de como foi  o dia das Aceleradas no @festivalduasrodas , testando as motos da @ducatibrasil !!!!! #sucesso #ducati #ducatibrasil #aceleradas #elaspilotam #mulheresmotociclistas #festivalduasrodas #festivalduasrodas2019 #desmowomen
  • Mulheres motociclistas realizando o sonho de pilotar no autódromo de Interlagos! A ação foi única e inesquecível, obrigada @ducatibrasil
  • Ontem, sábado, rolou uma ação lindaaaa no @festivalduasrodas - A @ducatibrasil proporcionou um dia especial e super VIP para algumas mulheres motociclistas. Na real.... elas vivenciaram um dia emocionante - pela primeira vez, acelerar no autódromo de Interlagos. Tiveram também a companhia do @piloto_leandromello e do @felipetitto ( embaixador da Ducati). Tiveram aula de auto maquiagem , by @cliniquebrasil . E mais, encerraram à noite curtindo  o show da Capital Inicial. FOTOS @arthurseraphim
  • Quantos cabem em cima de uma moto? Eu vejo dois cachorros, uma galinha, cinco crianças e dois adultos ... quem da mais? Rs
  • Hoje fez um dia lindo no Autódromo de Interlagos.... onde está rolando o Festival Duas Rodas. E olha só um dos modelos disponíveis para Test Ride.... a recém lançada no Brasil, a Triumph Scrambler 1200.  E VOCÊ ? QUAL MODELO GOSTARIA DE PILOTAR/Testar? #festivalduasrodas #festivalduasrodas2019 #autodromodeinterlagos #triumph #scrambler1200
  • Galera, pra quem esta com dúvidas sobre os tipos de ingressos para o melhor evento do ano, o @festivalduasrodas , arraste  para o lado , e veja todas as imagens! Qualquer dúvida, mande aqui nos comentários ou entrem no site www.festivalduasrodas.com -  Encontro vocês neste final de semana heinnnnn, lá  no Autódromo de Interlagos. #festivalduasrodas #autodromodeinterlagos #testride

Siga-me!

Mais Acessados

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com