Connect with us

Lançamentos

Testamos a Yamaha Tracer 900 GT 2020: alma esportiva e conforto de big trail!

Publicado

em

Por Rosa Freitag

Yamaha Tracer 900 GT 2020alma esportiva e conforto de big trail!

Tracer 900 GT é o nome da 2ª geração da MT-09 TracerÉ uma sport touring com atributos de moto esportivamotor tricilíndrico de 847cc com 115 cvrefrigeração líquida, DOHC com 12 válvulas, torque de 8,92 kgf.m e ótima relação peso/potência: 215 kg com o tanque de 18l cheio. As renovações em ergonomiaciclística e recursos de equipamentos e eletrônica reforçam sua proposta de pilotagem confortável, “brutalmente” divertida e com sofisticação, seja solo ou com garupa, em longas viagens ou no dia a dia. Em test ride de 350 km, entre Mogi das Cruzes e o litoral norte de SP, conferi todas as novidades deste motão”, que merecem detalhamento:

Ergonomia: o guidão 5 cm mais estreito que o anterior facilita andar no trânsito e ajuda a manter os braços fora do fluxo de ar em velocidades mais altas. A posição de pilotagem é parecida com de uma big trail, e os novos protetores de mão reforçam essa aparência. parabrisa está maior e pode ser ajustado facilmente em 3 níveis de altura. O banco do piloto tem novo desenho, mais espuma e altura ajustável86,5 / 85 cm  tenho 1,60m e pude apoiar um pé no chão e pilotar com confiançatanque tem uma proteção macia como prolongamento do banco. Na garupa, banco mais espaçoso e pedaleiras mais longas, assim as pernas ficam menos dobradas. A posição das pedaleiras, bem menos recuadas do que na MT-09, também remete a uma big trail e favorece a pilotagem em pé.

Ciclística: a balança 6 cm mais longa, além de dar mais estabilidade em alta velocidade, melhora o conforto para quem vai na garupa, ficando sentado mais distante do eixo. A suspensão dianteira é invertida e regulável – eficiente ao passar em lombadas e buracos (curso de 137 mm). A suspensão traseira (curso de 130 mm) tem fácil regulagem manual da pré-carga – útil para quem alterna o uso com e sem garupa e para experimentar o comportamento da moto nas curvas com um ajuste mais firme ou macio. As rodas são de liga leve, ambas aro 17, com pneus sem câmara para alta velocidade 120/70 (D) e 185/55 (T). O freio dianteiro tem dois discos flutuantes de 298 mm e pinças com quatro pistões, e o traseiro com disco de 245 mm, ambos com ABS.

Recursos: Sistema Yamaha D-Mode: 3 modos de pilotagem, com respostas do motor mais agressivas no modo A, torque forte e contínuo em baixa e alta velocidade no modo STD, e resposta mais suave no modo B; 2 níveis de controle de tração; Quick Shift para subir marchas sem acionar a embreagem, que é assistida e deslizante. O sistema impede o travamento da roda traseira ao reduzir marchas e o freio motor, que em motos esportivas costuma ser contundente, atua com suavidade. O piloto automático tem comando no guidão, fácil de acionar. O painel TFT colorido tem sensor de luminosidade e pode ser configurado com fundo claro ou escuro e diversas opções de exibição do conteúdo do computador de bordo; inclui Shift Indicador: aviso de troca de marcha com a luz indicadora de acordo com a rotação desejada.

A pilotagem é divertida em todos os momentos! O motor Crossplane 3 tem vibração mínima e muito vigor, acertado para entregar torque e potência de maneira linear e progressiva. No modo de pilotagem B, o acelerador é suave nas saídas de semáforos e o modo STD é um bom meio termo para a rodovia. Testei o piloto automático e o quick shifter – recursos que, depois que você usa, não quer viver sem… passei para o modo A na saída do pedágio, e em um piscar de olhos o velocímetro chegou aos 3 dígitos e muito além. A proteção aerodinâmica da bolha, protetores de mão e carenagem trazem segurança para devorar a estrada com vontade, e os freios são eficientes. Nos trechos sinuosos, quem curte ralar pedaleira pode se divertir, pois os pneus grudam bem e é fácil deitar nas curvas.

O conforto do assento e as suspensões impressionaram positivamente, seja nas longas distâncias de estrada, nas curvas da serra e nas lombadas e buracos da cidade. Ficar em pé nas pedaleiras também é ergonomicamente confortável e acho que apenas os pneus comprometeriam o desempenho em estradas de rípio. Como sport tourer que se preza, vem com cavalete central e encaixes para malas laterais, que em breve estarão disponíveis como acessórios. Um modelo que está fazendo muito sucesso na Europa, e com bom custo-benefício por aqui: em azul fosco ou preto metálico, por R$ 49.390 , mais frete.

 

 

Continue Lendo

Pesquisar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar nos títulos
Pesquisar nos conteúdos
Pesquisar nos posts
Pesquisar nas páginas

PARCEIROS

Newsletter

Cadastre-se para receber nossas novidades!

Facebook

Instagram

  • Em tempos de Pandemia, não podemos esquecer “também”, dos #MotoEntregadores !!! Deixe vofe também seu bilhetinho de agradecimento para um moto entregador! Eles merecem! Meu bilhetinho de hoje foi.... Olá 
Moto entregador , como vai?
Obrigada por trazer o remédio até a minha casa!
Obrigada por trabalhar dia e noite para nos atender mesmo em tempos de guerra contra coronavírus!
Lhe deixo um simples presente, um par de luvas, para sua segurança, afinal, nós também nos preocupamos com você! 
Tenha um
Bom dia! 
Um abraço de “longe”, Eliana Malizia #motoentregador #motofretista #motoboy #ObgMotoEntregador #corona #coronavirusbrazil #coronavírusbrasil #coronovirusbrazil #pandemia  #covid_19 #covid19
  • Vamos aproveitar a quarentena e estudar algumas técnicas OFF ROAD para curtir seu próximo role de moto com mais segurança e confiança?  Hoje vamos falar sobre a POSTURA CORRETA! 
Então vamos lá, e quem tiver mais dicas, escreva pra nós! - Os braços devem estar sempre semi-arqueados para controlar melhor a moto e absorver melhor o impacto. - Tronco posicionado à frente.
- Ponta dos pés na pedaleira e joelhos pressionando levemente o tanque, para aliviar a força dos braços. - Olhar sempre para frente. - Quando pilotar em pé, mantenha os joelhos semi-flexionados para melhor absorção do impacto. E nesta postura, o ideal é projetar o tronco ainda mais para frente.
Ah e no vídeo, sou eu, numa Trip, de Yamaha Crosser aprendendo muito com os FERAS  @jorge.negretti @wellingtongarcia21 e @ricardomartins274
  • Quantas vezes me perguntaram “Eliana, QUAL FOI SEU MAIOR DESAFIO EM CIMA DE UMA MOTO”? Sem duvida alguma , meu maior desafio nestes meus 20 anos de experiência,  foi a trilha para chegar no Cânion Espraiado em Urubici. 
Uma trilha de apenas 12km. Difícil , nível Hard!! A trilha me parecia mais um enduro e tão exaustiva que parecia não ter fim, parei , cai, levantei, chorei, pensei em desistir, levantei de novo. Neste meio tempo, aparece @jorge.negretti e @ricardomartins274 do meu lado falando bem alto, “ cara, tá muito escorregadio e com muita pedra pontuda , tá muito difícil de subir”. Bom, se os TOPS PROFISSAS estavam achando difícil , imagina eu? Logo em seguida um colega nosso desistiu da trilha ... poutz! Fiquei mais tensa! Eu, única  mulher ali, e pra mim não fazia diferença alguma , não teria problema algum em desistir , mostrar que fiquei exausta e ir para o carro de apoio. Não tenho este orgulho, mas....tentar até o final é da minha personalidade, não gosto de deixar nada pela metade. Porém, eu tinha um grande SEGREDO ali, guardado só comigo, e não podia contar e nem desabafar com ninguém. Eu estava grávida de uns 40 dias, e não havia contado pra ninguém do grupo. Eu fiquei sabendo um dia antes da viagem, e não podia deixar a yamaha na mão. Parti para a viagem animada, mas confesso que um pouco insegura, eu carregava meu bebezinho. 
Pra quem não sabe, as primeiras semanas de gestação a gente se sente mais cansada e com muito sono. Na verdade eu não me sentia grávida e muito menos mãe , mas eu sabia ali que eu estava sim grávida! 
Eu não sei da onde tirei tanta força pra aguentar a trilha toda! Havia chovido, tinha muita lama, e sei que muitos motociclistas que tentaram seguir/subir até o Cânion, caíram, desistiram, quebraram a moto... poucos conseguem subir! Mas fui até o fim...com o incentivo dos meninos, com a minha força de vontade , e claro, a  Xtz Crosser facilitou a vida, mesmo com pneus não apropriados para uma trilha HARD, a moto é leve ...e isso ajudou muito! Ah, e no próximo post contarei mais sobre o Cânion Espraiado. Que este post sirva como motivação para todos aqueles que não acreditam em si mesmo! 💪
  • Atravessar um RIO , cheio de pedras “extremamente” 
escorregadias, e de moto? Oi? Pensei que fosse pegadinha, mas quando soube que não era, confesso que ADOREI o desafio e clarooooo fiquei super empolgada!!! Sem duvidas uma das melhores  partes da viagem! A 40 km de Cambará do Sul, no Rio Grande do Sul, o Parque Estadual do Tainhas abriga o curioso ‘Passo do S’. Um lajeado natural do rio Tainhas, onde o nível da água é mais baixo e por isso é possível atravessar de carro ou moto. E lá fui eu, de Yamaha Crosser!!!!
A experiência é conhecida como ‘Travessia do Passo do S’ , ah e não posso esquecer de contar - em poucos metros , o Rio vira uma queda de 20 metros de altura, é mole? Não! Mas foi lindo lindo lindo! Amanhã conto sobre a parte da viagem que senti muito medo, tremi, chorei e pensei em desistir... 😉🤪#passodoS #cambaradosul
  • Quem aí já fez uma grande aventura com uma moto de baixa cilindrada? Está semana publicarei dicas para quem quer viajar com suas “motinhos”! Está minha Trip foi Punk é Maravilhosa - varias serras sinuosas, atravessamos rio ( Fotos e vídeos na próxima postagem), fizemos uma trilha HARD no Cânion Espraiado ...total de mais de 2000 km, tudo isso aí com segurança e sucesso, pilotando uma YAMAHA CROSSER 150cc! Quem encara? Foto @idario.cafe #tourdacrosser2019 #TourDaCrosser #TourInterativoCrosser #xtzcrosser #crosser150 #yamahacrosser #onroad #ofroad #foradeestrada #AceleradaParaSerFeliz #Acelerada #Lifestyle #MotoTerapia #mulheresmotociclistas #testride #serradocorvobranco #aceleradas #mulheresaceleradas
  • Vamos viajar sentados no sofá de casa? ASSISTAM a WEBSERIE Tour Interativo CROSSER no canal da @yamahabrasil no YOUTUBE! Foi uma das minhas MAIORES AVENTURAS!  #tourdacrosser2019 #TourDaCrosser #TourInterativoCrosser #xtzcrosser #crosser150 #yamahacrosser #onroad #ofroad #foradeestrada #AceleradaParaSerFeliz #Acelerada #Lifestyle #MotoTerapia #mulheresmotociclistas #testride #serradocorvobranco #aceleradas #mulheresaceleradas
  • Uma vez um “indivíduo” comentou em uma das minhas postagens, o seguinte ... “ você mostra que pilota moto grande, mas se derrubar a moto vai precisar pedir ajuda para um homem né? ”. Eu até agora não entendi o pq do questionamento e mais, qual seria o problema de ter que pedir ajuda para um homem? Aliás, quantos homens aí já precisou de uma força depois de derrubar a moto? Isso só me faz lembrar que já precisei de ajuda sim pra levantar uma moto e foi uma mulher  que me ajudou a levantar ! Só pra constar e lembrar!!! #RespeitaAsMinas #Aceleradas
  • Vídeo/Teaser acelerando a Gold Wing, matéria completa no site www.ACELERADA.com.br
  • A moto é pesada para pilotar? Você não tem medo de cair? Ela não é mais difícil de controlar? Aos medrosos de plantão, já logo aviso… “pilotar a Gold Wing Tour é muito mais fácil do que você imagina”…quer saber tudo? Visite o site www.acelerada.com.br #hondamotos #motoremaza #goldwing #hondagoldwingtour #hondagl1800goldwing #hondagl1800 #hondeiros #hondabrasil #honda #testride #mulheresmotociclistas #mulheresdehonda #testride #acelerada #lifestyle #aventura #adventure #mulheresdeatitudes #empoderadas #onroad #naestrada 
_

Siga-me!

Mais Acessados

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com