Connect with us

Lançamentos

Test Ride – Triumph SCRAMBLER 1200 XE – Ela chegou para brigar com as Big Trails

Publicado

em

Por Rosa Freitag

Uma scrambler “crossover premium” que chegou para brigar com as Big Trails!

O estilo scrambler surgiu do desejo de adaptar motos para o uso em todo terreno, na década de 1950, quando ainda não existiam motos especiais para offroad. Escape alto, pneus cravudos e visual simplista caracterizavam as adaptações. Em 1964, o ator e piloto norte-americano Steve McQueen consagrou uma Triumph TR6 de 750 cc no enduro ISDT na categoria scrambler. Em 2006, a Triumph lançou a Scrambler 900 – moto clássica moderna, com mais apelo visual do que propriamente apta para o offroad. Em 2017, renovação com a Street Scrambler 900: novo chassi e motor, injetada, ABS e controle de tração, bonita e prazerosa na pilotagem, mas ainda sem 100% DNA offroad.

fábrica britânica agora preencheu esta lacuna e inovou, lançando uma Scrambler que é uma crossover moderna, entre a clássica e a aventureira, com especificações de suspensão, motor, eletrônica e vários outros componentes e recursos que só existiam nas big trails de alta cilindradade última geração: a Scrambler 1200 XE. Em apresentação à imprensa em Ribeirão Preto-SP, Waldyr Ferreira, Diretor Geral da Triumph Brasil, mostrou um gráfico que, na escala de qualidade de “Básica” a “Premium”, posiciona o modelo acima das scramblers de 900cc da Ducati e Triumph e de modelos não disponíveis no Brasil, como a Ducati Scrambler Desert Sled e a BMW R Nine T Scrambler, e o equipara em aptidão para offroad e na escala “Premium” às big trails como Tiger 800, F850GS e Africa Twin.

O motor bicilíndrico paralelo de 1200 cc e 90 CV a 7.400 rpm com refrigeração líquida e seis marchas, é o mesmo da Thruxton R e Bonneville T120, com ajuste especial: novo virabrequim, redução de peso e massa em diversos componentes e potência de pico 12,5% maior que da T120e 64% maior que da Street Scrambler 2017. O alto torque, de 110 Nm a 3.950 rpm, se faz presente cada vez que a mão direita chama a ação. Há 6 modos de pilotagem, incluindo o “raiz” Offroad Pro: sem ABS e controle de tração (TC), com mapa de aceleração offroad. Já nos modos para asfalto, ABS e TC de curva e mais entrega de potência na resposta do acelerador ride-by-wire. O painel TFT redondo permite configurações personalizadas, com fundo escuro ou claro e preferências do piloto (inclusive mostrando seu nome), e a Scrambler XE é a primeira motocicleta a ter integração com câmera GoPro e conexão Bluetooth com o celular, possibilitando a navegação conectada através do aplicativo “MYTRIUMPH”. Este módulo de conectividade Bluetooth é um acessório que está em fase de homologação e estará disponível no início de 2020. Além de dezenas de acessórios, como o belo kit de realocação das setas, onde as luzes da lanterna e freio passam a funcionar nas setas, paralama em alumínio, faróis de neblina, grade do farol, barras de proteção do motor, bagageiro e bolsa de lona.

As suspensões são um show à parte: dianteira invertida Showa com garfos de 47mm, ajuste por cliques de compressão e retorno e válvula de alívio, e traseira Öhlinscom duplo amortecedor com reservatório de gás e ajuste de pré-carga, compressão e retorno. O curso de ambas é 250mm (o mesmo da Africa Twin). Na prática, nos 65 km que percorremos passando por canaviais com trechos de areião e cascalho, buracos e costelas de vaca, senti a moto muito estável, macia e divertida. Nada de fim de curso, perder a frente ou cansar os braços. O alto torque e a força do motor instigam a acelerar mais forte, com confiança.

Os freios são Brembo, dianteiro com pinças M50, discos flutuantes duplos de 320 mm e cilindro mestre radial com alavanca MCS, e o traseiro com disco de 255 mm e pinça com 2 pistões – especificação premium máxima.

A balança é uma obra de arte, em alumínio, com jateamento e anodização manual e o logotipo da Triumph estampado! Pedais do freio e câmbio são dobráveis e facilmente ajustáveis para botas offroad. 

O escape duplo alto é a característica mais típica de scrambler, e aí a pergunta que todos fazem: não esquenta a perna? Bem, isso depende da sua técnica de pilotagem e de onde você estiver com a moto. Não peguei trânsito, estava um dia frio e eu nunca coloco o pé direito no chão, pois com a “falta de perna” só posso apoiar um pé no chão ( minha estatura, 1,60m), deixando o outro sempre na pedaleira. E assim, é o cano da bota que fica próximo às ponteiras, que têm escudos isolantes de calor. Para aqueles que, ao parar, colocam os dois pés no chão e a perna para trás, talvez possa incomodar. Durante a pilotagem, senti esquentar um pouco mais em alguns momentos, mas nada desagradável. Não incomodou!

As rodas, aro 21” dianteira e 17” traseira, são raiadas e com laceamento lateral para pneus sem câmara – algo só encontrado nas big trails “premium”. Murchei os pneus (Metzeler Tourance) para andar no off e notei outro detalhe, até os pininhos são lindos e em alumínio!

O tanque, de 16 litros, tem um bom design para travar as pernas na pilotagem em pé; o consumo médio é de 20 km/l e o intervalo de manutenção a cada 16.000 km. O banco reto, mesmo o baixo (acessório) que usei, é bonito e confortável (a altura do assento é de 87 cm), e a ergonomia entre guidão, pedaleiras e o banco é muito agradável e é esse o verdadeiro apelo natural de uma scrambler: uma moto agradável de pilotar em qualquer ocasião. Mimos modernos, como o cruise control ao toque de um botão, manoplas aquecidas e embreagem assistida (câmbio macio e preciso) a tornam ainda mais apaixonante. O peso seco é de 207 kg, mas não senti dificuldade em conduzir a moto fora dela para fazer retornos, manobrar e para montar e descer (tenho 1,60 m e não é tão simples como sentar e levantar o apoio lateral…).

Uma moto que encara tanto aquele rolê offroad de dia inteiro como uma expedição ao Alasca!

Disponível com o tanque branco com faixa verde ou azul com faixa preta, por R$ 59.990 na rede de concessionárias Triumph.

APANHADO DOS RECURSOS E EQUIPAMENTOS “PREMIUM”:

– Ignição sem chave com sensor de presença (Keyless)

– 6 modos de pilotagem: Rain, Road, Sport, Offroad, Offroad Pro e Rider (para escolher entre 5 modos de controle de tração, que é otimizado para curvas como padrão, definições do ABS e resposta do acelerador)

– Farol em LED

– Painel TFT com conectividade Bluetooh opcional paracelular e GoPro

– Manoplas aquecidas com 3 configurações de aquecimento

– Controle de velocidade de cruzeiro com único botão no punho esquerdo

– Rodas raiadas com pneus sem câmara

– Suspensão dianteira invertida Showa e amortecedor duplo a gás Öhlins com 250 mm de curso

– Freios Brembo de alta especificação

– Acelerador Ride By Wire

– Embreagem assistida

Continue Lendo

Pesquisar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar nos títulos
Pesquisar nos conteúdos
Pesquisar nos posts
Pesquisar nas páginas

PARCEIROS

Newsletter

Cadastre-se para receber nossas novidades!

Facebook

Instagram

  • Ontem, domingo dia 20 de outubro. Mais um dia pra ficar pra história! Aconteceu a terceira edição do ACDC no @johnniewash. 100 mulheres motociclistas levaram na garupa pacientes com câncer para rodar pelas ruas de Sampa! Emocionante ? Muito! Rolou palestras, presentes, sorteios, e uma troca de energia sensacional... Fotos by @arthurseraphim - obrigada @johnniewash , @axxisbymt, @harleydavidsondobrasil @bmwmotorradbr @triumphbr @ricardo.t.medrano @sandracavalheiro @deka.rg @debs_legnani @ks1951 @webmotors @marianaromerorp
  • Aceleradinha chegou! Minha filha!!! Fruto do verdadeiro amor! #aceleradinha #mamaeacelerada
  • Sem dúvidas, um dos lugares mais bacana que conheci neste ano! Pirenópolis/Goiás. Cola no site que tem todas as dicas sobre a cidade. Próxima parada? Chapada dos Veadeiros!!!! Claro, de Harlão!!! #RoadGlideUltra #Harleydavidsondobrasil #roadglide #onroad #naestrada #publicidade #lifestyle #aventura #mototerapia #acelerada #goprobr #goprobrasil
  • 20 de OUTUBRO - Mais um evento lindo, levaremos mulheres com câncer para um passeio  em Sampa, e é claro, será na garupa das nossas motos!!!🤘🤘🤘. AC/DC – Lições que aprendemos Antes e Depois do Câncer , onde? 
Johnnie Wash (Rua Gomes de Carvalho, 815 – Vila Olímpia – SP). Para as inscritas - chegar  a partir das 9h
Para galera que não vai levar garupa , motociclistas mulheres ( não inscritas), homens etc, serão bem vindos, chegar a partir das 11hs.  Link para inscrição no site www.acelerada.com.br ( vagas limitadas)
#jwapoia #johnniewash #acdc #outubrorosa #elaspilotam #acelerada #lacorosa #manascat #aceleradas #mascotinharider #classicladyridersbrasil #ladiesridein #mulheresquepilotam #mulheresdemoto
  • Harley-Davidson Riders Camp 2019, um dos eventos que não perco por nada. Resuma-se em Motos ( claroooo), Camping, sol, piscina, céu estrelado, cheiro de mato, cinema ao ar livre, pipoca, show, rock, comida boa, amigos, diversão .... enfim.... só GOOD VIBES!!! #riderscamp2019 #
  • Aqui só tem gente feliz , @_aceleradas_ !!!!!!!!!
  • WE WANT YOU! Dia 20/10 (domingo) vamos organizar mais um tributo à força feminina e prevenção ao #cancerdemama #outubrorosa 
Por isso, você mulher motociclista que quer participar e que consegue levar alguma paciente na garupa junte-se a nós por esta linda causa!!! E você paciente em tratamento ou já curada, esperamos por vocês! Links para inscrições ( vagas limitadas) no site www.acelerada.com.br 
#jwapoia #johnniewash #acdc #outubrorosa #elaspilotam #acelerada #lacorosa #manascat #aceleradas #mascotinharider #classicladyridersbrasil #ladiesridein #mulheresquepilotam #mulheresdemoto #motogirl

Saiba Mais sobre o Evento:
Pelo terceiro ano consecutivo, o Johnnie Wash,  complexo comandado pelo bike buider e apaixonado por motos, Ricardo Medrano, organiza no próximo dia 20 (domingo) ação em prol do Outubro Rosa intitulada “AC/DC – Lições que aprendemos antes e depois do Câncer”. O evento tem como objetivo valorizar a luta de todas aquelas que estão ou que já fizeram o tratamento contra a doença levando assim, autoestima e confiança à todas elas. 
A concentração será no @johnniewash . O Batalhão da Polícia do Exército fará a escolta das mulheres pelas ruas de São Paulo.
  • O que falar das @_aceleradas_ ?  Aqui o espaço é pra todas, você pode ter motinho, você pode ter motão, você pode ser super experiente, você pode ser recém habilitada, pode gostar de custom scooter, esportiva, naked, classica, Big trail, você pode vir e ir quando quiser! “Aceleradas” não é um motoclube e nem motogrupo, é a junção de todos os “motoclubes de mulheres”. A unica regra é fazer novas amizades e ser feliz sem julgamentos, sem preconceito. Um um de mulheres motociclistas e garupas! Resumindo, um encontro para todas as tribos! Fotos by @fernandalimafotografa #aceleradas #estilodevida #lifestyle #elaspilotam #mulheresmotociclistas #ducati #ducatibrasil #xdiavel
  • Café da manhã, presentes Kiko Milano novas amizades, passeio, motos Ducati, muitas Fotos, vídeo, almoço no Cadillac BBQ, sorteios incríveis de artes Érika Caveirão, Capacetes AXXIS, voucher lavagem moto Little Boys, Camiseta Aceleradas, viagem com acompanhante na Pousada  Colônia em Paraty.... dia incrível! Evento lindo! Vídeo por João Salvatore. #aceleradas

Siga-me!

Mais Acessados

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com