Connect with us

Lançamentos

Test Ride – Triumph SCRAMBLER 1200 XE – Ela chegou para brigar com as Big Trails

Publicado

em

Por Rosa Freitag

Uma scrambler “crossover premium” que chegou para brigar com as Big Trails!

O estilo scrambler surgiu do desejo de adaptar motos para o uso em todo terreno, na década de 1950, quando ainda não existiam motos especiais para offroad. Escape alto, pneus cravudos e visual simplista caracterizavam as adaptações. Em 1964, o ator e piloto norte-americano Steve McQueen consagrou uma Triumph TR6 de 750 cc no enduro ISDT na categoria scrambler. Em 2006, a Triumph lançou a Scrambler 900 – moto clássica moderna, com mais apelo visual do que propriamente apta para o offroad. Em 2017, renovação com a Street Scrambler 900: novo chassi e motor, injetada, ABS e controle de tração, bonita e prazerosa na pilotagem, mas ainda sem 100% DNA offroad.

fábrica britânica agora preencheu esta lacuna e inovou, lançando uma Scrambler que é uma crossover moderna, entre a clássica e a aventureira, com especificações de suspensão, motor, eletrônica e vários outros componentes e recursos que só existiam nas big trails de alta cilindradade última geração: a Scrambler 1200 XE. Em apresentação à imprensa em Ribeirão Preto-SP, Waldyr Ferreira, Diretor Geral da Triumph Brasil, mostrou um gráfico que, na escala de qualidade de “Básica” a “Premium”, posiciona o modelo acima das scramblers de 900cc da Ducati e Triumph e de modelos não disponíveis no Brasil, como a Ducati Scrambler Desert Sled e a BMW R Nine T Scrambler, e o equipara em aptidão para offroad e na escala “Premium” às big trails como Tiger 800, F850GS e Africa Twin.

O motor bicilíndrico paralelo de 1200 cc e 90 CV a 7.400 rpm com refrigeração líquida e seis marchas, é o mesmo da Thruxton R e Bonneville T120, com ajuste especial: novo virabrequim, redução de peso e massa em diversos componentes e potência de pico 12,5% maior que da T120e 64% maior que da Street Scrambler 2017. O alto torque, de 110 Nm a 3.950 rpm, se faz presente cada vez que a mão direita chama a ação. Há 6 modos de pilotagem, incluindo o “raiz” Offroad Pro: sem ABS e controle de tração (TC), com mapa de aceleração offroad. Já nos modos para asfalto, ABS e TC de curva e mais entrega de potência na resposta do acelerador ride-by-wire. O painel TFT redondo permite configurações personalizadas, com fundo escuro ou claro e preferências do piloto (inclusive mostrando seu nome), e a Scrambler XE é a primeira motocicleta a ter integração com câmera GoPro e conexão Bluetooth com o celular, possibilitando a navegação conectada através do aplicativo “MYTRIUMPH”. Este módulo de conectividade Bluetooth é um acessório que está em fase de homologação e estará disponível no início de 2020. Além de dezenas de acessórios, como o belo kit de realocação das setas, onde as luzes da lanterna e freio passam a funcionar nas setas, paralama em alumínio, faróis de neblina, grade do farol, barras de proteção do motor, bagageiro e bolsa de lona.

As suspensões são um show à parte: dianteira invertida Showa com garfos de 47mm, ajuste por cliques de compressão e retorno e válvula de alívio, e traseira Öhlinscom duplo amortecedor com reservatório de gás e ajuste de pré-carga, compressão e retorno. O curso de ambas é 250mm (o mesmo da Africa Twin). Na prática, nos 65 km que percorremos passando por canaviais com trechos de areião e cascalho, buracos e costelas de vaca, senti a moto muito estável, macia e divertida. Nada de fim de curso, perder a frente ou cansar os braços. O alto torque e a força do motor instigam a acelerar mais forte, com confiança.

Os freios são Brembo, dianteiro com pinças M50, discos flutuantes duplos de 320 mm e cilindro mestre radial com alavanca MCS, e o traseiro com disco de 255 mm e pinça com 2 pistões – especificação premium máxima.

A balança é uma obra de arte, em alumínio, com jateamento e anodização manual e o logotipo da Triumph estampado! Pedais do freio e câmbio são dobráveis e facilmente ajustáveis para botas offroad. 

O escape duplo alto é a característica mais típica de scrambler, e aí a pergunta que todos fazem: não esquenta a perna? Bem, isso depende da sua técnica de pilotagem e de onde você estiver com a moto. Não peguei trânsito, estava um dia frio e eu nunca coloco o pé direito no chão, pois com a “falta de perna” só posso apoiar um pé no chão ( minha estatura, 1,60m), deixando o outro sempre na pedaleira. E assim, é o cano da bota que fica próximo às ponteiras, que têm escudos isolantes de calor. Para aqueles que, ao parar, colocam os dois pés no chão e a perna para trás, talvez possa incomodar. Durante a pilotagem, senti esquentar um pouco mais em alguns momentos, mas nada desagradável. Não incomodou!

As rodas, aro 21” dianteira e 17” traseira, são raiadas e com laceamento lateral para pneus sem câmara – algo só encontrado nas big trails “premium”. Murchei os pneus (Metzeler Tourance) para andar no off e notei outro detalhe, até os pininhos são lindos e em alumínio!

O tanque, de 16 litros, tem um bom design para travar as pernas na pilotagem em pé; o consumo médio é de 20 km/l e o intervalo de manutenção a cada 16.000 km. O banco reto, mesmo o baixo (acessório) que usei, é bonito e confortável (a altura do assento é de 87 cm), e a ergonomia entre guidão, pedaleiras e o banco é muito agradável e é esse o verdadeiro apelo natural de uma scrambler: uma moto agradável de pilotar em qualquer ocasião. Mimos modernos, como o cruise control ao toque de um botão, manoplas aquecidas e embreagem assistida (câmbio macio e preciso) a tornam ainda mais apaixonante. O peso seco é de 207 kg, mas não senti dificuldade em conduzir a moto fora dela para fazer retornos, manobrar e para montar e descer (tenho 1,60 m e não é tão simples como sentar e levantar o apoio lateral…).

Uma moto que encara tanto aquele rolê offroad de dia inteiro como uma expedição ao Alasca!

Disponível com o tanque branco com faixa verde ou azul com faixa preta, por R$ 59.990 na rede de concessionárias Triumph.

APANHADO DOS RECURSOS E EQUIPAMENTOS “PREMIUM”:

– Ignição sem chave com sensor de presença (Keyless)

– 6 modos de pilotagem: Rain, Road, Sport, Offroad, Offroad Pro e Rider (para escolher entre 5 modos de controle de tração, que é otimizado para curvas como padrão, definições do ABS e resposta do acelerador)

– Farol em LED

– Painel TFT com conectividade Bluetooh opcional paracelular e GoPro

– Manoplas aquecidas com 3 configurações de aquecimento

– Controle de velocidade de cruzeiro com único botão no punho esquerdo

– Rodas raiadas com pneus sem câmara

– Suspensão dianteira invertida Showa e amortecedor duplo a gás Öhlins com 250 mm de curso

– Freios Brembo de alta especificação

– Acelerador Ride By Wire

– Embreagem assistida

Continue Lendo

Pesquisar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar nos títulos
Pesquisar nos conteúdos
Pesquisar nos posts
Pesquisar nas páginas

PARCEIROS

Newsletter

Cadastre-se para receber nossas novidades!

Facebook

Instagram

  • Que tal a novidade da Harley-Davidson? Low Rider S......Ela é Leve e forte, perfeita para motociclistas que tem estilo e atitude! Foto @outraperspectiva / Harley-Davidson do Brasil. #lifestyle #lowriders #harleydavidson #harleydavidsondobrasil
  • Foi apresentando para a Imprensa as novidades da Harley-Davidson para 2020. Rodamos quase 400kms para testar os novos modelos, Low Rider S, e familia Touring. E temos ótimas novidades, uma delas é, “agora temos controle de tração”. Uhuuuu! Logo contarei tudinho pra vocês! Obrigada pelo dia @harleydavidsondobrasil. Foto by @outraperspectiva / Harley-Davidson do Brasil.
  • #diavel #ducatidiavel #diavel1260s #ducatibrasil #tuttomoto #axxiscapacetes
  • Agradecimento aos amigos JORNALISTAS!!
Quem foi mesmo que escreveu a famosa frase "faça o que você ama, e nunca mais precisará trabalhar"? Hummmmm....Será que ele  tem 100% de razão? 
ahhhhh, sei que tenho um trabalho incrível e para poucos, chuto que existam apenas  uns 50 jornalistas especialistas em motos em todo Brasil. Acredito que todos como eu, insistem na profissão por amor ao mundo das 2 rodas, pois não é fácil! Pra mim é um universo fascinante, as duas rodas me levaram  a viver experiências  inesquecíveis. Trabalho na área desde 2008, e posso falar com convicção que não....não foi e não é uma carreira fácil. Não  quero parecer feminista ( pois não sou), mas este meio é ainda mais díficil para nós mulheres. E um dos meus maiores desafios foi ganhar o respeito de leitores homens e até mesmo das mulheres....e o melhor de tudo, ganhar o respeito por profissionais que trabalham na área muuuuuiito mais tempo que eu. 
Obrigada colegas e amigos de trabalho, obrigada por me tirarem dúvidas quando precisei, me darem um empurrãozinho quando tive medo de algum desafio, obrigada por me incentivarem permanecer na área, pelos elogios que ganhei em toda minha trajetória e até mesmo admiração e confiança que sinto vir de muitos de vocês, jornalistas. Ah e claro, obrigada por toda galera das montadoras, por confiarem no meu trabalho. Obrigada obrigada obrigada! Minha total admiração! Continuo na luta, influenciando leitores a viverem o lifestyle do mundo das duas rodas, sempre com ética, segurança, elegância e sensatez! Sem apelação em troca de likes! E assim será sempre! Tamo junto!
  • Quem aí não leu meu post anterior? Deixei lá uma super dica, e vou contar de novo.....agora é ótimo momento para trocar de carro ou de moto. O Black Feirão da Webmotors está com ofertas muiiiiiito bacana! As taxas para financiar seu veículo estão imperdíveis, a partir de 0,63% /mês. Acredita? E você pode até incluir o seguro nas parcelas do financiamento! Então não perde tempo e acelera lá no site da @webmotors, aproveitemmm!!!#webmotors #blackfeiraowebmotors
  • Galera fica a dicaaaaa, ótimo momento para trocar de carro ou de moto. O Black Feirão da Webmotors está aí com ofertas incríveis. As taxas para financiar seu veículo estão imperdíveis, a partir de 0,63% /mês. E você pode até incluir o seguro nas parcelas do financiamento! Então não perde tempo e acelera lá no site da @webmotors, aproveitemmm!  #webmotors #blackfeiraowebmotors
  • Menos poses e mais atitute, menos Fotos estáticas e mais Fotos dando aquela ACELERADAAAAA! Amanhã tem matéria no ar, tudo sobre a nova Ducati Diavel 1260 S. Foto by @mariovillaescusaphoto #Diavel #diavel1260 #diavel1260s #ducatidiavel #ducatibrasil #SoGoodToBeBad #Acelerada #TestRide #Ducati #Ducatista #ducatispecial
  • ...o novo Scooter Sport Premium, tem tudo pra cair no gosto da galera mais exigente. E o preço? Quem chuta? Curtiram o design? #YamahaXmax #xmax #scooterxmax #xmaxabs #yamahabrasil #scooter #scooterista #acelerada #salao2rodas2019 #s2rodas
  • Eu e @marianaromerorp PALESTRANDO ontem no @salao2rodas . Algumas das @_aceleradas_ marcaram presença. Palestrar é compartilhar conhecimento, é acrescentar, é somar! Experiência maravilhosa!

Siga-me!

Mais Acessados

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com