Connect with us

Trips

Super Viagem de Harley-davidson Road Glide Ultra – De São Paulo até Chapada dos Veadeiros – Parte 1

Publicado

em

Esta foi “a super viagem”, qual precisei de mais dias pra claro, poder curtir pra valer todas  atrações do role. Foram quase 3.000 kms pilotando com o conforto da Harley-Davidson Road Glide Ultra.
Dividi a matéria em três partes, leiam, curtam, sintam-se inspirados, anotem, copiem o roteiro, porque esta viagem foi incrível!
Uberaba ( Minas Gerais ),  Caldas Novas ( Goiás) e Corumbá de Goiás ( Goiás)
Primeira esticada foi de 500 kms até a Cidade de Uberaba, Minas Gerais.
Não me hospedei em nenhum lugar especial, porem, optei pelo  Hotel Havana, no centro, perto do restaurante Tabu onde tem o melhor parmegiana da cidade.
                         Restaurante Tabu – Simples, mas o melhor Parmegiana de Uberaba
Você pode aproveitar Uberaba pra conhecer algumas pontos turísticos, o Parque dos Dinossauros, o Memorial Chico Xavier e a catedral da cidade ( qual visitei assim que cheguei).
Como no dia seguinte, a próxima parada seria de 280 kms, deu pra acordar cedo e  curtir  parte da manhã em Uberaba. Fui conhecer o Parque dos Dinossauros.
Curiosidade: Uberaba é a única região do Brasil onde  encontraram ovos inteiros de dinossauros.
Tchau Minas Gerais – De Uberaba até Caldas Novas , Rio quente  ( 280 km)
Partindo de Uberaba, a próxima parada, depois de 280km, foi o Parque Estadual da Serra  de Goiás – onde aproveitei pra visitar a  Cachoeira da cascatinha. Pra quem gosta, a região possui vários Resorts (  o que não é muito minha praia). Depois de conhecer a Cachoeira da Cascatinha,  segui mais 220 kms para pernoitar em Anápolis -GO.
São três opções de estrada pra chegar até Anápolis, optei pela que passa pela cidade de Goiânia. Peguei uma estrada linda, aliás, a maioria das estradas vicinais de Goiás, São bonitas, muita natureza, fazenda, plantações, sem aquele visual feio e poluído de postes e fios. Se bem que, de alguma forma,  a iluminação na estrada me fez falta…contarei em seguida.
“Invadindo” as Fazendas de Café. Não sei se  era proibido entrar, mas como não tinha placas avisando, eu entrei e  fiz os cliques rapidão, usei minha GO PRO pra poder mostrar melhor a paisagem do local.

Paradinha para fotografar o por do sol na estrada, maravilhoso!

Como quis aproveitar a cachoeira em Caldas Novas, acabei atrasando um pouco a saída e peguei estrada à noite, e confesso que foi um pouco tenso, além da escuridão, quase chegando perto de Anápolis, peguei uns 2 km de  buracos na estrada.
Mas… o medo do escuro, logo se transformou em uma grande surpresa, uma forte luz surgiu do nada, era uma super lua, com certeza a mais linda que vi em toda minha vida.  Ela se destacou na escuridão, com uma cor amarela viva   e brilhante. Não resisti e parei no escuro mesmo  para fotografar e registrar o momento. Valeu muito a pena atrasar a chegada, nunca mais esquecerei daquele momento, foi emocionante. Deus é bom!

“Mas o medo da escuridão se transformou em uma grande surpresa, uma luz surgiu, era uma super lua, a mais linda que vi em toda minha vida”.

Nem procure nada pra fazer em Anápolis, na cidade  não tem nenhuma atração, parei apenas pra descansar e acordar próximo do próximo destino. Optei por me hospedar em uma apartamento via Airbnb, mas nem darei a dica, pois não foi um lugar muito bacana. Mas tem algumas opções de Hotéis na cidade. Como não tinha certeza do local que pernoitaria, não havia feito reservas.
Dia seguinte, paradinha em Corumbá de Goiás
Apenas 50 km de Anápolis, e  118km de Brasília, super vale uma paradinha. Quem deu a dica, foi um funcionário do parque onde visitei a Cachoeira da Cascatinha ( Caldas Novas), ele não me deixava ir embora, fez mil perguntas sobre a HD Road Glide Ultra, e  aproveite para pegar dicas, foi ai que o  “Tiozito”,  me falou sobre Corumbá. 
Adorei, lugares assim, a gente só descobre conversando com nativos  que encontramos pelo caminho!
O clima interiorano acaba sendo o melhor atrativo. A cidade é silenciosa, pouco explorada por turistas, e por isso perfeita para quem quer descansar. Passei a manhã lá, curtindo o sossego , fazendo fotos com calma.

Sentada em frente a Igreja Matriz, troquei ideia com um senhor morador de Corumbá. Ele me contou que todo mês de  Setembro a cidade fica movimentada, acontece as  cavalhadas –  a tradicional encenação da luta entre cristãos e mouros.

Saindo de Corumbá de Goiás, segui até outro destino que valeu ficar por dois dias, mas contarei só na próxima matéria…. logo mais!
Total rodado de São Paulo até Corumbá de Goiás – 1.011 kms
Quer testar uma Harley-Davdson Road Glide Ultra ou outro modelo?
Clique no link
Curiosidades sobre o Estado de Goiás
-É o estado mais populoso do Centro-Oeste e o nono mais rico do país.
–  A população indígena em Goiás ultrapassa 10 mil habitantes. Considera-se ainda que a maioria da população considerada parda, possui ancestrais indígenas.
–  O estado é um dos grandes exportadores de grãos, além de possuir um dos maiores rebanhos do país.
– Na cidade de Aparecida de Goiânia, está a Lagoa Piratininga em cujas águas quente é possível cozinhar um ovo em 3 minutos. Hum, será?
– A economia do estado se baseia na indústria,  um dos maiores produtores de soja e milho do país.
– No intento de proteger as florestas, a flora e a fauna, foram criados pelo governo parques e reservas florestais, onde são proibidas a  pesca, a derrubada das árvores e a caça. Os principais parques de proteção ambiental em Goiás são o Parque Nacional das Emas, no sul do estado e o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, nos municípios de Alto Paraíso de Goiás e Cavalcante. 
– Goiânia tem o maior número de praças do Brasil e também é uma das cidades mais arborizadas, ficando atrás apenas de João Pessoa, capital da Paraíba.
– A  região das águas quentes é formada por: Caldas Novas, Jataí e Lagoa Santa, que
contam com piscinas, poços, duchas, e rios com águas brotando do solo em
temperaturas que variam entre 30°C a 57°C.
– O pequi é um famoso fruto da região que, antigamente, era empregado tão somente na fabricação do sabão de pequi, de propriedades terapêuticas. Hoje já é comercializado em compota e usado em diversos pratos culinários doces e salgados.
– A culinária goiana é muito diversificada e tem como principais pratos o peixe na
telha, o suã (carne de porco) com arroz, o arroz com pequi, além da pamonha, que é usada como prato principal nas refeições.

Agradecimentos: HARLEY-DAVIDSON DO BRASIL, GO PRO BR, TUTTO MOTO E CAPACETES AXXYS BY MT

Pesquisar

Generic selectors
Apenas correspondências exatas
Pesquisar nos títulos
Pesquisar nos conteúdos
Pesquisar nos posts
Pesquisar nas páginas

PARCEIROS

Newsletter

Cadastre-se para receber nossas novidades!

Facebook

Instagram

  • Em tempos de Pandemia, não podemos esquecer “também”, dos #MotoEntregadores !!! Deixe vofe também seu bilhetinho de agradecimento para um moto entregador! Eles merecem! Meu bilhetinho de hoje foi.... Olá 
Moto entregador , como vai?
Obrigada por trazer o remédio até a minha casa!
Obrigada por trabalhar dia e noite para nos atender mesmo em tempos de guerra contra coronavírus!
Lhe deixo um simples presente, um par de luvas, para sua segurança, afinal, nós também nos preocupamos com você! 
Tenha um
Bom dia! 
Um abraço de “longe”, Eliana Malizia #motoentregador #motofretista #motoboy #ObgMotoEntregador #corona #coronavirusbrazil #coronavírusbrasil #coronovirusbrazil #pandemia  #covid_19 #covid19
  • Vamos aproveitar a quarentena e estudar algumas técnicas OFF ROAD para curtir seu próximo role de moto com mais segurança e confiança?  Hoje vamos falar sobre a POSTURA CORRETA! 
Então vamos lá, e quem tiver mais dicas, escreva pra nós! - Os braços devem estar sempre semi-arqueados para controlar melhor a moto e absorver melhor o impacto. - Tronco posicionado à frente.
- Ponta dos pés na pedaleira e joelhos pressionando levemente o tanque, para aliviar a força dos braços. - Olhar sempre para frente. - Quando pilotar em pé, mantenha os joelhos semi-flexionados para melhor absorção do impacto. E nesta postura, o ideal é projetar o tronco ainda mais para frente.
Ah e no vídeo, sou eu, numa Trip, de Yamaha Crosser aprendendo muito com os FERAS  @jorge.negretti @wellingtongarcia21 e @ricardomartins274
  • Quantas vezes me perguntaram “Eliana, QUAL FOI SEU MAIOR DESAFIO EM CIMA DE UMA MOTO”? Sem duvida alguma , meu maior desafio nestes meus 20 anos de experiência,  foi a trilha para chegar no Cânion Espraiado em Urubici. 
Uma trilha de apenas 12km. Difícil , nível Hard!! A trilha me parecia mais um enduro e tão exaustiva que parecia não ter fim, parei , cai, levantei, chorei, pensei em desistir, levantei de novo. Neste meio tempo, aparece @jorge.negretti e @ricardomartins274 do meu lado falando bem alto, “ cara, tá muito escorregadio e com muita pedra pontuda , tá muito difícil de subir”. Bom, se os TOPS PROFISSAS estavam achando difícil , imagina eu? Logo em seguida um colega nosso desistiu da trilha ... poutz! Fiquei mais tensa! Eu, única  mulher ali, e pra mim não fazia diferença alguma , não teria problema algum em desistir , mostrar que fiquei exausta e ir para o carro de apoio. Não tenho este orgulho, mas....tentar até o final é da minha personalidade, não gosto de deixar nada pela metade. Porém, eu tinha um grande SEGREDO ali, guardado só comigo, e não podia contar e nem desabafar com ninguém. Eu estava grávida de uns 40 dias, e não havia contado pra ninguém do grupo. Eu fiquei sabendo um dia antes da viagem, e não podia deixar a yamaha na mão. Parti para a viagem animada, mas confesso que um pouco insegura, eu carregava meu bebezinho. 
Pra quem não sabe, as primeiras semanas de gestação a gente se sente mais cansada e com muito sono. Na verdade eu não me sentia grávida e muito menos mãe , mas eu sabia ali que eu estava sim grávida! 
Eu não sei da onde tirei tanta força pra aguentar a trilha toda! Havia chovido, tinha muita lama, e sei que muitos motociclistas que tentaram seguir/subir até o Cânion, caíram, desistiram, quebraram a moto... poucos conseguem subir! Mas fui até o fim...com o incentivo dos meninos, com a minha força de vontade , e claro, a  Xtz Crosser facilitou a vida, mesmo com pneus não apropriados para uma trilha HARD, a moto é leve ...e isso ajudou muito! Ah, e no próximo post contarei mais sobre o Cânion Espraiado. Que este post sirva como motivação para todos aqueles que não acreditam em si mesmo! 💪
  • Atravessar um RIO , cheio de pedras “extremamente” 
escorregadias, e de moto? Oi? Pensei que fosse pegadinha, mas quando soube que não era, confesso que ADOREI o desafio e clarooooo fiquei super empolgada!!! Sem duvidas uma das melhores  partes da viagem! A 40 km de Cambará do Sul, no Rio Grande do Sul, o Parque Estadual do Tainhas abriga o curioso ‘Passo do S’. Um lajeado natural do rio Tainhas, onde o nível da água é mais baixo e por isso é possível atravessar de carro ou moto. E lá fui eu, de Yamaha Crosser!!!!
A experiência é conhecida como ‘Travessia do Passo do S’ , ah e não posso esquecer de contar - em poucos metros , o Rio vira uma queda de 20 metros de altura, é mole? Não! Mas foi lindo lindo lindo! Amanhã conto sobre a parte da viagem que senti muito medo, tremi, chorei e pensei em desistir... 😉🤪#passodoS #cambaradosul
  • Quem aí já fez uma grande aventura com uma moto de baixa cilindrada? Está semana publicarei dicas para quem quer viajar com suas “motinhos”! Está minha Trip foi Punk é Maravilhosa - varias serras sinuosas, atravessamos rio ( Fotos e vídeos na próxima postagem), fizemos uma trilha HARD no Cânion Espraiado ...total de mais de 2000 km, tudo isso aí com segurança e sucesso, pilotando uma YAMAHA CROSSER 150cc! Quem encara? Foto @idario.cafe #tourdacrosser2019 #TourDaCrosser #TourInterativoCrosser #xtzcrosser #crosser150 #yamahacrosser #onroad #ofroad #foradeestrada #AceleradaParaSerFeliz #Acelerada #Lifestyle #MotoTerapia #mulheresmotociclistas #testride #serradocorvobranco #aceleradas #mulheresaceleradas
  • Vamos viajar sentados no sofá de casa? ASSISTAM a WEBSERIE Tour Interativo CROSSER no canal da @yamahabrasil no YOUTUBE! Foi uma das minhas MAIORES AVENTURAS!  #tourdacrosser2019 #TourDaCrosser #TourInterativoCrosser #xtzcrosser #crosser150 #yamahacrosser #onroad #ofroad #foradeestrada #AceleradaParaSerFeliz #Acelerada #Lifestyle #MotoTerapia #mulheresmotociclistas #testride #serradocorvobranco #aceleradas #mulheresaceleradas
  • Uma vez um “indivíduo” comentou em uma das minhas postagens, o seguinte ... “ você mostra que pilota moto grande, mas se derrubar a moto vai precisar pedir ajuda para um homem né? ”. Eu até agora não entendi o pq do questionamento e mais, qual seria o problema de ter que pedir ajuda para um homem? Aliás, quantos homens aí já precisou de uma força depois de derrubar a moto? Isso só me faz lembrar que já precisei de ajuda sim pra levantar uma moto e foi uma mulher  que me ajudou a levantar ! Só pra constar e lembrar!!! #RespeitaAsMinas #Aceleradas
  • Vídeo/Teaser acelerando a Gold Wing, matéria completa no site www.ACELERADA.com.br
  • A moto é pesada para pilotar? Você não tem medo de cair? Ela não é mais difícil de controlar? Aos medrosos de plantão, já logo aviso… “pilotar a Gold Wing Tour é muito mais fácil do que você imagina”…quer saber tudo? Visite o site www.acelerada.com.br #hondamotos #motoremaza #goldwing #hondagoldwingtour #hondagl1800goldwing #hondagl1800 #hondeiros #hondabrasil #honda #testride #mulheresmotociclistas #mulheresdehonda #testride #acelerada #lifestyle #aventura #adventure #mulheresdeatitudes #empoderadas #onroad #naestrada 
_

Siga-me!

Mais Acessados

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com